Rhynos supera Ocelots e avança a semifinal da SPFL 2022

(Fotos: Yan Barros/Divulgação/SPFL) Neste domingo (03) o Centro de Treinamento Touchdown recebeu o jogo entre Guarulhos Rhynos e Ocelots FA, válido pela fase de wildcards da liga estadual. E a equipe guarulhense levou a melhor, vencendo por 38 a 15 após um começo de partida muito equilibrado, e garantindo sua presença na semifinal.

Apesar da diferença no placar, engana-se quem acredita que o Rhynos teve vida fácil. Mesmo abrindo o placar em sua primeira campanha no jogo com um field goal convertido pelo kicker João Paulo Lustosa #40, o time de Guarulhos sofreu com o ataque adversário.

Se o Rhynos abriu 03-00 em sua primeira campanha, o Ocelots não fez por menos. Após uma boa variação entre jogadas aéreas e terrestres, o time de Jundiaí também tirou o zero do placar em uma boa corrida do running back #10 Anderson Vinicius “Eleutério”. Mesmo sem a conversão de extrapoint, o time liderado pelo QB Esdras Zanata “Derão” conseguiu a virada para 06 a 03.

Novamente em campo, o ataque do Rhynos liderado pelo quarterback Catullo Góes não conseguiu avançar e teve que ir para o punt, o que fez com que o time do Ocelots tivesse a oportunidade de ampliar a sua vantagem no placar.

Foto: Yan Barros/Divulgação/SPFL

E por muito pouco o time de Jundiaí não conseguiu o touchdown. Rapidamente a equipe chegou a redzone e até esteve a menos de dez jardas da endzone, mas não teve êxito em anotar o TD. Por fim, a campanha foi encerrada com um field goal do kicker #83 Lorençon.

O primeiro quarto terminou com o Ocelots vencendo por 09 a 03, mas o Rhynos reagiu logo no início do segundo período da partida. Catullo acertou um bom passe para o wide receiver #81 “Paulinho” César. Com a conversão do extrapoint, o time de Guarulhos voltou a ficar na frente do placar, 10 a 09.

O ataque do Ocelots não foi bem na campanha seguinte e foi para o punt. Já o Rhynos aproveitou a oportunidade para anotar mais um touchdown. Desta vez, o passe de Catullo foi para o wide receiver #8 Luiz Felipe Domingues. Mais um extrapoint convertido pelo kicker João Paulo Lustosa, e o placar foi para 17 a 09.

O Ocelots reagiu na campanha seguinte e voltou a se aproximar no placar. O quarterback Derão acertou o passe para o wide receiver #83 Rodrigo Martins “Faísca”, e sem a conversão do extrapoint, diminuiu a diferença para 17 a 15 a favor do Rhynos.

Antes do término do primeiro tempo da partida, o Rhynos conseguiu anotar mais um touchdown. Desta vez a conexão do quarterback Catullo foi com o WR #83 Paulo Victor Guimarães, e com mais um extrapoint convertido, o time de Guarulhos foi para o intervalo vencendo o jogo por 24 a 15.

O terceiro quarto começou com a posse de bola do Ocelots, mas a campanha foi interrompida quando o WR #25 Aquian Felício “Filé” deixou a bola escapar, a qual foi recuperada pela defesa do Rhynos.

Por sua vez, o ataque do time guarulhense liderado por Catullo Góes voltou a acertar mais alguns passes, e desta vez chegou a endzone adversária com o WR #14 Henrique Carvalho “Bigode”. Extrapoint convertido, e placar de 31 a 15.

O ataque do Ocelots não conseguia avançar, enquanto o Rhynos novamente chegou a endzone, desta vez com uma boa corrida do running back #17 Edimarcos Silva “Kinho”.

No último período de jogo, com o placar de 38 a 15 a favor, o Rhynos trocou de quarterback: #6 Ivan Stamborowski assumiu a liderança do ataque guarulhense. Do lado do Ocelots, Derão até que tentou explorar o jogo aéreo, mas acabou sendo interceptado pelo defensive back #2 Thiago Rama.

Jogo encerrado, vitória do Guarulhos Rhynos por 38 a 15 em cima do Ocelots. Com esse resultado, os tricampeões estaduais vão reencontrar na semifinal da SPFL 2022 o Moura Lacerda Dragons, justamente a única equipe que derrotou o time liderado por Catullo Góes na história da liga estadual.

Revanche? De acordo com o quarterback do Rhynos, não: “Já tinha falado antes de acontecer à derrota, que um dia iríamos perder. A invencibilidade não ia durar para sempre. Foi bom ter acontecido no momento que aconteceu, pois agora é playoffs e é um outro momento, outra situação. Se quiserem chegar a final, vão ter que repetir o feito anterior.”

“Não vejo como revanche. Acho que é o tipo de jogo que gostamos de jogar. Eles mereceram vencer aquela partida, é um bom time, competitivo. É o tipo de jogo que só engrandece o campeonato, a modalidade. Vai ser um belo espetáculo e vamos com a mesma vontade de vencer que sempre temos”, completou Catullo.

A partida entre Moura Lacerda Dragons e Guarulhos Rhynos pela fase semifinal da SPFL 2022 – Série Diamante, será no dia 17 de julho, ainda sem local definido.

Texto via press release da SPFL

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: