Spartans vence Tsunami e avança aos playoffs da SPFL

No último domingo (26), Spartans Football e Santos Tsunami se enfrentaram em partida emocionante por disputa de vaga nos playoffs e a luta contra o rebaixamento. O Centro de Treinamento Touchdown foi palco de um jogo que só foi decidido na prorrogação, e os espartanos levaram a melhor, vencendo por 10 a 08.

A primeira posse de bola da partida foi do Tsunami, mas sem conseguirem pontuar, o ataque do Spartans entrou em campo. As campanhas seguintes foram dessa forma, uma para cada lado, com as defesas parando o jogo corrido e evitando que os passes fossem completos.

O Spartans conseguiu tirar o zero do placar quando o defensive back Levy Silva (46) interceptou um passe do Tsunami e retornou para a endzone, marcando o primeiro touchdown da equipe. A conversão de dois pontos funcionou com passe do quarterback Felipe Phellps (15) para o wide receiver Victor Hugo “Mega” (81) e os Espartanos começaram a liderar por 08 a 00.

As equipes estavam com o jogo corrido muito forte, mas suas defesas trabalhavam bem para conter os avanços. O Spartans acabou sofrendo um fumble em uma campanha e o Tsunami recuperou, resultando em um touchdown nas jogadas seguintes: passe do quarterback Weslley Santos (17) para o wide receiver Victor Brandão (81). Precisando vencer para evitar o descenso, o time da baixada santista optou pela conversão de dois pontos e igualou o placar com passe para o fullback Renato Santos.

Foto: Maria Clara/SPFL



A partida inteira foi marcada pelos ataques tentando produzir, mas as defesas sem ceder espaços para que o adversário pontuasse.

Duas interceptações, uma para cada lado, em momentos importantes da partida onde os ataques vinham avançando perigosamente, mas em especial a do Spartans que ocorreu no último minuto do jogo.

Com o final da partida em 08 a 08, as equipes foram para a prorrogação. A primeira posse de bola foi do Spartans, mas não obtiveram sucesso na campanha. Em seguida, o ataque do Tsunami entrou em campo e depois de suas tentativas, foi para o field goal, porém, a bola bateu na trave e não entrou.

O Spartans teve mais uma campanha, chegou bem próximo da endzone, mas outra vez não pontuou. O Tsunami novamente encerrou suas tentativas com um field goal, mas a bola não fez o percurso correto, ainda deixando a partida e aberto.

Pela regra de prorrogação, a partir do terceiro período extra, uma série de posse de um time será apenas uma jogada para um try de dois pontos da jarda três, a menos que reposicionada por uma penalidade. Portanto, as equipes começavam da linha de três jardas e tinham apenas uma tentativa de pontuar.

Após três tentativas do Spartans e três do Santos, na quarta, os Espartanos conseguiram uma conexão do quarterback Felipe Fhellps (15) com o tight end Marlon de Almeida (89). O Tsunami ainda teve mais uma tentativa após essa, mas não obteve sucesso. A partida acabou 10 a 08 para os donos da casa.

O resultado garantiu a ida inédita do Spartans aos playoffs e a segunda colocação no Grupo A da Série Diamante, enquanto o Santos Tsunami se despediu da competição e, com o resultado combinado da partida entre Steamrollers e Indians, foi rebaixada para a Série Ouro.

Felipe Fhellps, quarterback do Spartans, contou que a equipe veio de uma preparação muito grande para esse jogo desde a última partida contra o Weilers, onde a derrota deixou a equipe em uma situação mais complicada para ir aos playoffs.

“A gente tinha a clara percepção de que estávamos eliminados, mas conseguimos voltar ao jogo e estudamos o Santos. Foi um jogo pegado do início ao fim, muito difícil, mas saímos com a vitória e agora vamos nos preparar para jogar os playoffs”, declarou.

O próximo adversário do Spartans é o Corinthians Steamrollers, no dia 03/07, pela fase de Wildcars da Série Diamante da SPFL 2022.

Texto via Press Release da SPFL

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: