Tom Brady anuncia sua aposentadoria

Chega ao fim a carreira de um dos maiores esportistas da história. Na manhã desta terça-feira (1), Tom Brady anunciou, através das suas redes sociais, oficialmente a sua aposentadoria do futebol americano.

“Sempre acreditei que o futebol americano tem uma proposta ‘all-in’ – se não houver um compromisso de competitividade em 100%, você não terá sucesso, e o sucesso é o que eu amo tanto no nosso jogo. Há um desafio físico, mental e emocional a cada dia que me permitiu maximizar meu potencial. E eu fiz o meu melhor nestes últimos 22 anos. Não há atalhos para o sucesso no campo ou na vida.

Isso é difícil de escrever para mim, mas aqui vai: não vou mais assumir esse compromisso competitivo. Eu amei minha carreira na NFL, e agora devo focar meu tempo e energia em outras coisas que requerem minha atenção”, diz um trecho da sua carta de despedida.

Confira o post em seu perfil no Instagram:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Tom Brady (@tombrady)

Thomas Edward Patrick Junior encerra sua carreira aos 44 anos de idade, após 22 temporadas na principal liga de futebol americano do mundo, a NFL. Sua trajetória na liga ficará marcada como a mais vitoriosa da história por muito tempo, com incríveis 7 conquistas de Super Bowl.

Além disso, ficam registradas 15 eleições para o Pro Bowl, 3 prêmios de MVP, 5 vezes MVP do Super Bowl e uma coleção de momentos marcantes para o esporte.

CARREIRA

Sem qualquer prestígio, o ‘desengonçado’ quarterback de Michigan foi escolhido na posição 199 do Draft de 200, pelo New England Patriots. Até então, a franquia tinha dificuldades para achar um líder, e o jovem Tom Brady virou a esperança dos torcedores após pouco tempo em campo.

Em New England, fez história. Conquistou seis títulos de Super Bowl e uma legião de fãs. Em 2020, foi para o Tampa Bay Buccaneers, onde, novamente desacreditado – agora pela idade já avançada – ganhou mais um anel de SB.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: