Buccaneers aproveitam erros dos Chiefs, vencem e conquistam o Super Bowl LIV

(Foto: Reprodução/ESPN) Imparável! Com uma performance quase perfeita no Raymond James Stadium, o Tampa Bay Buccaneers venceu o Kansas City Chiefs por 31 a 9 e conquistou o Super Bowl LIV. Este é o segundo título máximo da NFL conquistado pela franquia, 18 anos após o primeiro. Foi a primeira vez que um time disputou o Super Bowl em seu próprio estádio.

ACOMPANHE-NOS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM PARA RECEBER TODAS AS NOTÍCIAS DO SITE

Vale destacar, como sempre, Tom Brady. O quarterback conquistou o seu sétimo anel de campeão, marca impressionante. O QB chegou à marca de 21 touchdowns passados somente em SBs, aumentando sua vantagem na liderança sobre Joe Montana, que tem 11. Com uma atuação bem sólida, Brady levou o título de MVP do Super Bowl pela quinta vez.

Mas, mais ainda, a defesa dos Bucs precisa ser exaltada. Foram 3 sacks em Patrick Mahomes, um fumble forçado, 4 tackles para perdas de jardas e 2 interceptações.

Foi uma temporada de volta por cima. Um time que correu risco de não se classificar, que estava desacreditado, jogou todo o mata-mata fora de casa, sempre como ‘azarões’. Pois derrotaram New Orleans Saints de Drew Brees, Green Bay Packers do MVP Aaron Rodgers e, hoje, passaram por cima do Kansas City Chiefs de Patrick Mahomes.

O jogo

Como uma boa final, o clima no início do Super Bowl foi de uma partida bem equilibrada, mas sem brilho. O primeiro ponto veio no chute de Harrison Butker. Na sequência, o primeiro touchdown do SB foi anotado por Rob Gronkowski, em passe de Tom Brady: uma conexão quase imparável na NFL.

O duelo se desenhou bem difícil para os Chiefs, que parecia tropeçar nas próprias pernas. Erros atrás de erros, com drops e faltas cometidas em momentos cruciais. Sob o comando de Bruce Arians, Tampa soube aproveitar as oportunidades e terminaram o primeiro tempo com 21 a 6 no placar, após mais um TD de Gronk e outro de Antonio Brown.

No segundo tempo, restava aos Chiefs mudar totalmente a postura, mas isso não aconteceu. Muito pressionado, Patrick Mahomes tentava suas jogadas mágicas, porém elas não funcionaram. Impressionante o que jogou o front seven dos Bucs, parece que sabia antecipadamente cada passo de Mahomes em campo.

Quando Leonard Fournette correu 27 jardas para o TD, já dava para ver a taça ficando em Tampa. Kansas City não se entregou, mas não era o dia, não teria como. Tampa Bay Buccaneers campeão do Super Bowl LIV e fazendo história.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: