Aaron Rodgers não vê motivos para sair dos Packers

(Foto: Evan Siegle/Packers) Logo após a eliminação do Green Bay Packers no Divisional Round do mata-mata da NFL, muito se especulou sobre o futuro de Aaron Rodgers na franquia. O próprio jogador tratou de esclarecer a situação em entrevista nesta terça-feira (26).

ACOMPANHE-NOS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM PARA RECEBER TODAS AS NOTÍCIAS DO SITE

Em conversa no The Pat McAfee Show, o quarterback se explicou sobre uma declaração que deu pós-jogo, quando afirmou que seu futuro era incerto. “Obviamente, depois da temporada que tive, e potencialmente ganhando o MVP, fizemos outra boa corrida (ao Super Bowl), mas não acho que haja qualquer razão para eu não voltar (aos Packers)”, comentou.

O QB disse ainda que a declaração foi feita porque não queria dar certeza a algo que não tem o controle. “Não há muitas coisas absolutas neste negócio. Então fazer uma declaração absoluta sobre algo que não é absoluto, eu não posso dizer que fiz isso. Acho que é por isso que todo mundo ficou louco”, completou.

“Eu não poderia me importar menos com especulações. Não acho que as pessoas estão acostumadas a ouvir a verdade dos atletas, então quando ouvem a verdade, é tão, tipo, surpreendente às vezes… Isso é tudo que eu disse depois do jogo. Foi algo do tipo ‘estou a 15 minutos de chorar no vestiário com alguns dos meus companheiros de equipe, venho e sento para fazer essa entrevista e eles me fazem perguntas, eu dou respostas reais, apenas como eu sempre faço’. Para mim, uma realidade, é que meu futuro não está em minhas mãos”, finalizou.

Aaron Rodgers caminha para sua 17ª temporada na NFL, todas com os cabeças-de-queijo. Convenhamos, o camisa 12 foi para muitos o melhor jogador da temporada 2020, além de tantos outros grandes feitos pela equipe. Em sã consciência, alguém negociaria Rodgers neste momento?

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: