Cardinals leva para prorrogação e vence o Seattle Seahawks

(Foto: Arizona Cardinals) A NFL mudou o jogo do Sunday Night Football deste domingo (25) e, com certeza, não se arrependeu. O duelo escolhido rendeu uma partidaça, vencida na prorrogação pelo Arizona Cardinals, por 37 a 34, contra o Seattle Seahawks.

A vitória deixa o time com campanha 5-2, enquanto seu rival de NFC Oeste sofreu a primeira derrota e está 5-1.

O jogo

O estádio University Phoenix Stadium recebeu uma partidaça, com muito equilíbrio. Os visitantes começaram marcando com um passe lindo de Russell Wilson, que encontrou Tyler Lockett para o touchdown. Jason Myers deixou a vantagem em 10 pontos com o field goal.

Para não deixar o adversário abrir distância no placar, Kyler Murray acionou DeAndre Hopkins para o TD de 35 jardas. No entanto, Myers marcou mais um FG na sequência.

Aí começaram os turnovers. Primeiro, Hopkins soltou a bola, e o fumble foi recuperado por KJ Wright. Wilson, bem perto da endzone, soltou o braço e viu Budda Baker conseguir a interceptação. O safety correu 90 jardas, parecia que viraria o jogo, mas DK Metcalf conseguiu salvar a jogada de uma forma espetacular, correndo o campo todo atrás do adversário. O mais incrível: o ataque dos Cards não conseguiu pontuar, porque tentou até a quarta descida e perdeu a posse de bola.

Carlos Hyde conseguiu o TD para os Seahawks em uma corrida de 24 jardas. Antes do intervalo, ainda deu tempo de Christian Kirk marcar, Tyler Locket também, e Zane Gonzalez deixar o marcador em 27 a 17. Tudo isso em aproximadamente 2 minutos.

Na volta para a última metade, Murray resolveu com as pernas e anotou o TD. Mas Tyler Lockett estava inspirado e recebeu mais um passe por cima, no fundo da endzone, e fez uma recepção impressionante.

Mesmo no fim, Arizona não desistiu. Kirk marcou mais um TD, a defesa subiu o muro e impediu o avanço adversário. O ataque dos mandantes foi preciso e andou muito rápido no campo. Gonzalez empatou com o FG restando 2 segundos. Prorrogação merecida para um jogão.

No tempo extra, a tensão continuou. No primeiro ataque, Wilson teve dificuldades e acabou sackado duas vezes, e os Seahawks devolveram a bola. Já Murray avançou bem, chegou no alcance de field goal e deixou para Gonzalez marcar a sair para o abraço em um chute de 42 jardas, mas o kicker mandou pelo lado direito, dando nova chance ao rival.

Russell Wilson quase virou herói ao achar DK Metcalf, que correu para a endzone, mas a arbitragem viu uma segurada do ataque. O QB tentou de novo um passe longo, agora pelo meio, e acabou interceptado por Isaiah Simmons.

E não é que o vilão virou herói em poucos minutos? Zane Gonzalez teve a chance de se redimir e conseguiu ao chutar o field goal de uma vitória gigante dos Cards.

 

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: