Em final eletrizante, Saints vencem os Chargers na prorrogação

(Foto: Michael C. Hebert/Saints) Um final eletrizante para um jogo que parecia acabado já no começo. Em partida válida pela Semana 5 da NFL 2020, o New Orleans Saints recebeu o Los Angeles Chargers no Mercedez-Bens Superdome, conseguiu se recuperar de um péssimo início e venceu, na prorrogação, por 30 a 27.

Com a vitória, New Orleans fica 3-2 na temporada, enquanto LA tem apenas um resultado positivo contra 4 negativos.

O jogo

O calouro Justin Hebert começou ligado no 220v. Primeiro, passou para Keenan Allen anotar o touchdown inaugural Mike Williams e Hunter Henry também aproveitaram a precisão do novato para abrir uma bela vantagem, que só não foi maior porque Will Lutz acertou um field goal.

No fim da primeira metade, Drew Brees ganhou uma jarda para entrar na endzone e deixar os Saints vivos na partida.

Após o intervalo, a reação aconteceu. Lutz acertou mais um FG e Jared Cook recebeu um lindo passe de Brees para deixar tudo igual.

Daqui para o fim, só loucura e ousadia. Mike Williams anotou mais um TD em outra bomba de Herbert. Mas o técnico Sean Payton tinha uma carta na manga para o final: perto da endzone, Taysom Hill entrou como QB e foi acionado em uma corrida pela direita que resultou em touchdown de New Orleans.

Para deixar o confronto ainda mais emocionante, Herbert teve uma última chance de marcar e vencer. O garoto fez sua parte, acertou belos passes e deixou uma boa posição para o Michael Badgley chutar. Só que o kicker mandou na trave, levando o jogo para a prorrogação.

No tempo extra, o ataque dos Saints fluiu bem e chegou rapidamente perto da área adversária. Lutz acertou o field goal da vantagem, mas ainda precisava contar com a defesa para sair com a vitória. E foi aí que Marshon Lattimore apareceu no momento certo, parou uma quarta descida e garantiu o triunfo.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: