Panthers e Greg Olsen decidem encerrar vínculo

O Carolina Panthers está, aos poucos, perdendo os grandes ídolos recentes da equipe. Nesta quinta-feira (30), o time anunciou que o tight end Greg Olsen e a equipe decidiram encerrar o vínculo, que ainda tinha uma temporada de validade.

“Hoje tive a oportunidade de sentar com Marty Hurney (general manager) e ter uma ótima conversa a respeito do meu futuro com a organização. O time e eu concordamos que o melhor é seguirmos em direções diferentes agora”, escreveu o jogador, nas suas redes sociais.

“Agradeço aos fãs. Nação Panthers foi sempre incrível comigo. Eu ouvi todos os gritos. Eu vi todas as jerseys 88. Apenas saibam que eu aprecio vocês, que fizeram ser divertido ser um Panther”, completou.

O TE ressaltou que ainda não sabe se irá se aposentar, para se dedicar à função de comentarista, ou procurar uma nova equipe. “Nesse ponto, não fechei as portas para minha carreira. Eu ainda tenho o amor pelo futebol americano no meu coração e irei explorar todas as chances”, declaorou.

Greg Olsen, de 34 anos, deixa o Carolina Panthers após nove temporadas com a equipe. É o TE com mais recepções e jardas aéreas na história da franquia. O jogador teve vários anos fantásticos, mas na memória do torcedor sempre ficará a temporada 2015, o título da NFC e o vice no Super Bowl 50.

Os interessados em contratá-lo teriam, no entanto, que ponderar um ponto: as recentes lesões. Nos últimos três anos, Olsen sofreu com as contusões e foi desfalque em algumas partidas.

Várias saídas

Nos últimos anos, o torcedor do Carolina Panthers viu a equipe se desmanchar – ou, para alguns, rejuvenescer. Saíram Julius Peppers, Ryan Kalil, Jonathan Stewart, Thomas Davis, Ron Rivera e Luke Kuechly.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: