Chiefs derrota Titans e volta ao Super Bowl após 50 anos

(Foto: Chris Donahue/Chiefs) O Kansas City Chiefs deu sustos no seu torcedor novamente, mas outra vez conseguiu reverter uma desvantagem e venceu. Com o triunfo, de virada, sobre o Tennessee Titans por 35 a 28, a equipe se classifica para o Super Bowl LIV.

Os Chiefs voltam à decisão da NFL 50 anos após sua última participação. Em 1970, Kansas City bateu o Minnesota Vikings por 23 a 7 e conquistou o único Vince Lombardy Trophy da franquia.

Agora, os Chefes encaram o San Francisco 49ers na grande final.

O jogo

O time que vinha surpreendendo a todos nesses playoffs, quase aprontou de novo. Mesmo com o barulho ensurdecedor do Arrowhead Stadium, os Titans começaram melhor, abrindo uma boa vantagem.

Na primeira posse, o ataque caminhou bem, mas ficou no field goal de Greg Joseph. Após parar a ofensiva adversária, o quarterback Ryan Tannehill liderou uma campanha firme até o touchdown de Derrick Henry, que recebeu snap direto na linha de 4 jardas e entrou liso na endzone.

Patrick Mahomes, então, começou sua mágica. No primeiro touchdown, passou para Tyreek Hill diminuir. Apesar da pressão, Tennessee não se entregou e voltou a ter uma vantagem de 10 pontos quando o OL Dennis Kelly foi declarado como elegível para passe e recebeu na grande área a bola de Tannehill.

Mas Mahomes mostrou porque é o atual MVP da NFL na sequência. Primeiro acertando uma bomba para Hill marcar o seu segundo TD na partida. Depois, resolveu com as pernas uma jogada que parecia perdida, quebrou tackles e mergulhou na endzone para virar ainda antes do intervalo, 21 a 17.

O touchdown abalou a defesa dos Titans, que vinham bem. Além disso, o principal jogador do ataque, Henry, estava sendo anulado. Damien Williams com duas corridas curtas colocou mais 12 pontos no placar – além de mais dois pontos extras de Harrison Butker.

Anthony Firkser descontou no final, mas já não havia mais tempo. Kansas City Chiefs campeão da Conferência Americana e classificado para o Super Bowl LIV

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: