Seahawks se impõe fora de casa e derrota Eagles

(Foto: Seahawks) O último duelo do Wild Card da NFL 2019 acabou sendo o mais ‘tranquilo’. A defesa do Seattle Seahawks foi dominante sobre o Philadelphia Eagles, e a equipe venceu por 17 a 9, classificando-se para a próxima fase na NFC.

No Divisional Round, os Seahawks viajam para encarar o Green Bay Packers, enquanto o San Franciso 49ers recebe o Minnesota Vikings, que bateu o New Orleans Saints também neste domingo (5).

Pelo lado da AFC, os confrontos ficaram: Baltimore Ravens x Tennesse Titans e Kansas City Chiefs x Houston Texans.

O jogo

Depois de errar a primeira tentativa de Field Goal que teve, Jason Myers acertou de 49 jardas para abrir o placar. Dois punts depois, foi a vez de Jake Elliott chutar para empatar.

Na sequência, Russell Wilson mostrou por que foi um dos fortes candidatos ao MVP da temporada e passou a soltar o braço. O lançador correu riscos, mas fez o time avançar e, na linha de 5 jardas, só entregou para Marshawn Lynch ligar o ‘Beast Mode’ e entrar na endzone arrastando tudo.

Os mandantes no Lincoln Financial Field sentiram muito a ausência de Carson Wentz, que saiu lesionado. Aliás, as lesões fizeram parte da rotina da equipe em 2019 e 2020 começou assim. Com Josh McCown em campo, o ataque sofria com a pressão da defesa de Seattle, e ficou mais uma vez no FG após o intervalo.

 

A resposta veio com um passe espetacular de Wilson para DK Metcalf, que fez a recepção e se jogou na grande área para anotar o TD de 53 jardas.

Com seu ataque emperrado, os Eagles ficaram mais uma vez no FG. No fim, no momento já de desespero, Philly tentou por duas vezes a conversão de quarta descida e em ambas foi parado pela defesa.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: