Trubisky diz que desliga TVs do CT para não ouvir críticas

(Foto: Jacob Funk/Bears) O quarterback Mitchell Trubisky está cansado das críticas que o Chicago Bears vem recebendo. O jogador falou que está desligando as TVs do Halas Hall, onde fica o CT da equipe, para evitar ouvir os comentários negativos.

“(Estou) Tentando desligar algumas dessas TVs do prédio porque há muitas pessoas falando sobre nós – o que devemos fazer, o que somos e o que não somos. Mas eles não sabem, realmente, quem somos, ou do que somos capazes ou o que estamos passando. São apenas espectadores olhando de fora”, disse após o treinamento da última quarta-feira (6).

“Protetores de ouvido e apenas trabalhar todos dias, e tentar melhorar e voltar a fazer o que sabemos que somos capazes”, completou.

Porém, apesar de toda sua frustração com as críticas, convenhamos que ele não poderia estar esperando elogios. Em sete partidas como titular, Trubisky soma 1.217 jardas em passes, com apenas cinco touchdowns lançados e três interceptações. Seu QB Rating é de 34.8.

Seu desempenho ainda não correspondeu ao tamanho da escolha de Chicago em 2017, na segunda seleção geral do Draft. E, claro, a torcida começa a cobrar.

O que tem gerado a desaprovação, também, é a sequência de quatro derrotas seguidas, após um início 3-1. Além disso, mesmo no ano passado, quando o Bears teve uma ótima campanha que rendeu o título da NFC Norte, o setor comandado pelo QB não mostrava o mesmo brilho da defesa.

Esquivar-se dos comentários pode dar resultados? Veremos nas próximas rodadas. Já neste fim de semana, o Chicago Bears encara um rival de divisão, o Detroit Lions, com ambos fugindo da lanterna.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: