BFA: Vasco elimina Portuguesa e encara Galo na final de conferência

Por Caio Souza – No confronto dos imigrantes pela BFA Elite 2019, o Vasco Almirantes eliminou a Portuguesa FA, vencendo por 28 a 14 neste domingo (3). O time carioca soube aproveitar um turnover decisivo e garantiu sua vaga na final de conferência do Sudeste.

Os Almirantes irão enfrentar na decisão o atual campeão Galo FA, em Belo Horizonte. Pela força de tabela, o Galo FA irá mandar a final do Sudeste em casa.

O jogo

Vasco Almirantes e Portuguesa entraram dispostas ao jogo ofensivo. Na primeira campanha de jogo, o time carioca chegou na Red zone, mas foi paralisado com um sack da defesa paulista. Restou o chute de field goal para os Almirantes abrir o placar, 3 a 0.

O retornador Branco Meneses fez um tentativa de corrida deixando o time em posição desfavorável. Só que na primeira chamada do ataque, o camisa 7 deixou o time quase na Red zone. Com passe forte, Catullo encontrou Domingues na End zone virando o placar, 3 a 7.

O invicto Vasco mostrou o poder de seu ataque, após um passe em profundidade para o Wide receiver Brown, que anotou o touchdown tranquilo, 10 a 7.

Após corrida do Running back Francês, houve discussões em campo ocasionando na expulsão do Linebacker norte-americano Hakim.

A campanha foi finalizada com uma segunda virada da Lusa, através das pernas de Francês, 10 a 14. Próximo do intervalo, a Lusa neutralizou o ataque dos mandantes. O time paulista tentou uma quarta descida terrestre, mas parada pela DL Vascaína.

Vasco soube administrar o cronômetro para diminuir o placar. O Wide receiver Patrick fez uma recepção sozinho e deixou o time em posição de FG, 13 a 14.

Na volta do intervalo, o experiente Rômulo cortou para o lado esquerdo e anotou o touchdown da virada dos Almirantes. Vasco ainda conseguiu anotar os dois pontos com recepção de Paquiao, 21 a 14.

A Lusa movia as correntes rumo ao empate, mas uma conduta anti-desportiva deixou o elenco distante da End zone. Catullo fez uma leitura no meio da defesa, onde tinha apenas defensores que interceptaram o QB.

O Quarterback Gazelle fez proveito do turnover correndo para o seu touchdown ampliando o placar para o gigante da colina, 28 a 14.

Próximo do termino de jogo, a Lusa seguia acreditando na partida. Em uma tentativa de passe longo, Catullo viu o pocket fechando e acabou sofrendo um fumble, recuperado pelo time carioca.

A equipe apenas gastou o relógio com jogadas terrestres. Os Lusitanos forçaram um fumble, mas recuperado de maneira rápida pelo time da casa, que concretizou a classificação para final do Sudeste.

%d blogueiros gostam disto: