Defesa segura no fim, e Buccaneers vence Panthers fora de casa

O Tampa Bay Buccaneers conquistou sua primeira vitória na temporada 2019 da NFL na noite desta quinta-feira (12), na abertura da 2ª rodada. O time bateu o rival Carolina Panthers por 20 a 14 com bela atuação da defesa no momento crucial do jogo.

Já os Panteras iniciam do pior jeito possível o ano. Esta foi a segunda derrota, ambas em casa, no Bank of America Stadium.

A partida começou agitada, com os donos da casa tentando uma conversão de quarta descida e conseguindo. No entanto, a arbitragem deu bola para os Bucs, alegando que Cam Newton não conseguiu chegar na marca do first down.

O duelo foi paralisado por conta de uma tempestade que atingiu Charlotte e voltou apenas cerca de 25 minutos depois. O ritmo caiu e demorou para empolgar novamente. Antes do intervalo, os visitantes estavam à frente por 10 a 9, com um touchdown anotado por Mike Evans em passe de Jameis Winston.

O ataque de Carolina continuou apático, sme brilho nenhum. Nem o principal jogador do setor, Christian McCaffrey, conseguia escapar da implacável marcação de Tampa Bay. Apenas Joey Slye trabalhou em, acertando os field goals.

Peyton Barber deu uma boa vantagem ao entrar na end zone com uma corrida de 16 jardas. Na sequência, Newton sofreu fumble recuperado pelos Bucs, mas que também desperdiçou a chance de pontuar porque Matt Gay errou um chute de 42 jardas.

Após um ótimo punt de Michael Palardy, o ataque de Tampa começou com as costas na parede. A defesa de Carolina pressionou e conseguiu marcar um safety com Luke Kuechly, que deixou o time vivo na partida.

No entanto, o último quarto foi mais um desastre. Cam Newton, mais uma vez, chamou a atenção por não correr com a bola, o que sempre foi sua característica e uma arma bem usada. Estranhamente, ele ficou zerado em jardas corridas e negativo no jogo da Semana 1. Não se sabe se há alguma lesão, mas o quarterback estava visivelmente sem brilho em campo.

Depois de marcar mais um field goal, foi a hora da defesa do Buccaneers aparecer. E eles apareceram, salvando a pele da comissão técnica. Na jogada decisiva, os Panthers chegaram à linha de uma jarda, faltando polegadas para uma primeira descida. A jogada escolhida foi uma formação com o running back recebendo a bola do center, fingindo que entregava para o WR e correndo para a esquerda. Mas a esperta defesa se antecipou e impediu o touchdown de McCaffrey. Fim de jogo com uma grande vitória dos Bucs.

Estatísticas

Cam Newton esteve bem impreciso em seus passes, acertando 25/51 para 333 jardas e nenhum touchdown. Já Jameis Winston mostrou que melhorou bem, acertando 16/25 para 208 jardas e 1 TD.

Peyton Barber foi o principal corredor do jogo com 23 carregadas para 82 jardas e 1 TD. O que deu para se salvar nos Panthers foi a atuação de Luke Kuechly, que teve 17 tackles combinados, 2 para perda de jardas e um passe desviado, além do safety.

Vernon Hargreaves também foi destaque na defesa de Tampa, com 12 tackles combinados e um passe desviado, além do tackle essencial que impediu o corredor do adversário chegar na endzone no final.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: