Na abertura da BFA Feminina, Bangu Castores vence Portuguesa FA

Por Caio Souza, no estádio do Canindé- SP – A bola oval voou na BFA Feminina, com a vitória do time carioca Bangu Castores sobre a Portuguesa FA no primeiro jogo da história do torneio. Com um ataque forte e decisivo, o time de Bangu aplicou 22 a 14 nas Lusitanas.

As Castores entraram no primeiro e segundo quarto atentas e pontuais no ataque. Isso resultou em uma boa vantagem que a Lusa não superou, mesmo tendo um bom desempenho ofensivo pós-intervalo.

Portuguesa FA x Bangu Castores, pela BFA Feminina (Foto: Caio Souza/NFL à Brasileira)

O jogo

Logo no primeiro drive, a equipe do Bangu Castores investiu na jogada terrestre. A Quarterback, Larissa Diles, conectou um passe rápido para Luana Caroline quebrar tackles e abrir o placar, com sucesso na conversão de 2 pontos, 8 a 0.

Com um pouco de dificuldade para executar o jogo aéreo, o time Lusitano apostou nas corridas da Quarterback Sol, que foi quebrando tackles e parou na End zone. Porém, a arbitragem anulou o lance por uma falta da Linha Ofensiva.

A partida no segundo quarto foi de muita disputada. O time carioca buscava jogadas profundas, mas o time era parado pelas fortes pancadas e boa leitura do jogo da defensora Larissa Pereira, da Lusa.

Na volta do intervalo, o Bangu Castores soube novamente começar bem o seu drive para ampliar o placar, com a QB Larissa, 14 a 0.

Mesmo com insistência e determinação, o time da casa não conseguia implantar o jogo ofensivo.

Essa falta de produção abriu espaço para mais um TD dos Castores. Após Ana Claudia  disparar e parar na terra prometida. Além do jogo terrestre, o time acertou a conversão de dois pontos com um passe no miolo da defesa, de Larissa para Luana anotar dois pontos 22 a 0.

As jogadoras da Lusa mostraram foco para chegar na end zone. Com um entrosamento na bola aérea, a Quarterback Sol lançou um passe longo para um belo catch da Wide receiver Thaty, que diminuiu o placar 22 a 6.

Com o ataque tendo uma crescente na reta final da partida, Sol aproveitou a ótima posição de campo cedida após um bloqueio de punt e disparou para TD, a mesma jogadora somou dois pontos, 22 a 14.

Só que não restava mais tempo para uma possível reação do time paulista. O time de Bangu ajoelhou e garantiu o primeiro triunfo na BFA Feminina 2019.

Entrevista com Vanessa (Linebacker) 

Com um time recheado de jogadoras novatas, a atleta Vanessa, que atua há 9 anos no FABR. Destacou a calma passada para essas atletas. “Buscamos ensinar para as jovens a maneira que os Castores jogam. Isso faz termos uma mistura de atletas de todo Brasil, além do apoio e confiança da diretoria. Isso fará o Bangu campeão”, afirmou a defensora.

Tendo um maior apoio comparado com temporadas passadas. Vanessa explica essa evolução do FABR feminino. “Mais um passo, um passo muito grande. Estou muito feliz! Em 2014, eram apenas 4 times e um desistiu. Hoje, eu consigo ver uma evolução e isso é surreal”, finalizou Vanessa.

Fotos: Caio Souza/NFL À BRASILEIRA

 

%d blogueiros gostam disto: