Torcedor do Browns ‘enlouquece’ após contratação de Odell, e mulher chama a polícia

O que você faria se visse alguém, totalmente alucinado, correndo pela rua, rodando os braços e gritando palavras que não fazem sentido para você? Corita Jackson não teve dúvidas: chamou a polícia. O rapaz estava apenas comemorando a contratação de Odell Beckham Jr pelo Cleveland Browns.

“Nós tínhamos acabado de chegar em casa, por volta das 20h30. Então, eu ouvi gritos. Primeiro, achei que fosse uma mulher, porque os gritos eram muito estridentes”, disse a moradora da pequena cidade de Shaker Heights, Ohio, à reportagem da FOX.

“Foi aí que vi esse homem correndo pela rua, agitando os braços, e foi tipo ‘Oh meu Deus'”, completou. Imediatamente, ela ligou para a polícia.

Confira o vídeo:

 

Não era nenhum perigo. Era um jovem um pouco animado demais, Robert Stewart, de 17 anos. “Nós pegamos OBJ. Fiquei muito animado. Não consegui me segurar. Eu apenas comecei a pular pela casa. Meu irmão falou para eu parar, mas eu não conseguia. Nada poderia me parar. Então, tive que ir para fora”, contou o adolescente.

E o melhor, quando os policiais o pararam, e ele explicou, os oficiais também comemoraram, segundo Robert. “Eles ficaram tipo ‘Pegamos OBJ!’. Nos cumprimentamos. Foi tudo certo”, descreveu.

Corita, no entanto, não é muito ligada ao futebol americano. “Eles (policiais) me perguntaram se eu torcia para o Browns. Falei ‘na verdade não’. Eles disseram ‘o garoto estava comemorando uma grande vitória dos Browns’. Então, eu perguntei ‘eles jogaram?’. Ele respondeu ‘Não, pegaram Odell Beckham Jr. Fiquei tipo ‘Oh… parabéns'”, resumiu.

O que dá para perceber é que a galera em Cleveland está bem carente.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: