Recém-chegado, Michael Bennett diz que “odiava o Patriots”

O mundo dá muitas voltas, mesmo. Michael Bennet admitiu que já teve “ódio” pelo New England Patriots, mas assinou com o time um contrato após uma troca entre os Pats e o Philadelphia Eagles.

MAIS: Acompanhe as negociações da free agency NFL 2019

“Eu costumava odiar os Patriots. Odiava porque eles ganhavam muito. Odiava porque Tom Brady tinha um cabelo longo, porque Bill Belichick usava suéter. Agora estou aqui e amo. Amo o cabelo de Tom Brady”, disse à NFL Network.

O motivo dessa raiva é que Bennett, apesar de ter conquistado o Super Bowl XLVIII, perdeu a edição XLIX para o time de Foxborough.

De acordo com informações do repórter Ian Rapoport, os Patriotas ofereceram uma escolha de quinta rodada do Draft 2020, para receber o defensor e mais uma escolha de sétima rodada do Draft 2020.

Michael Bennett, de 33 anos, teve um bom ano em 2018, com 9 sacks e 1 passe desviado durante a temporada regular. O jogador, que começou no Seattle Seahawks, não chegou a entrar em campo no seu primeiro time. No mesmo ano, foi para o Tampa Bay Buccaneers. Retornou ao Seahawks em 2013, onde ficou até 2017.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: