New York Jets acerta com CJ Mosley; Anthony Barr volta atrás e fica no Vikings

O New York Jets mostrou que não está brincando na ‘free agency’ deste ano. Ontem (11), a equipe reforçou o ataque; nesta terça-feira, foi a vez da defesa. Chegam dois ótimos nomes: Anthony Barr e CJ Mosley. ATUALIZAÇÃO: Anthony Barr desistiu do negócio e resolveu permanecer no Minnesota Vikings

A NFL Network fez um ranking dos 101 melhores jogadores disponíveis no mercado a partir da abertura da janela (oficialmente, ela acontece nesta quarta-feira, dia 13). Nela, Barr aparece em sexto. Não foram revelados detalhes do contrato.

O outside linebacker chega para cobrir uma lacuna de um pass rush que não deu muito trabalho aos adversários no ano passado. O ex-Vikings completa 27 anos neste mês e pode ajudar muito em Nova Iorque. Em 71 jogos na carreira, ele soma 338 tackles combinados, 13,5 sacks, 22 passes desviados e 1 interceptação.

Mosley é um dos mais talentosos e instintivos linebackers na NFL atualmente. Também perto de completar 27 anos, foi peça fundamental na defesa do Baltimore Ravens nos últimos anos.

O contrato é grande: 85 milhões de dólares por cinco anos, com 51 mi garantidos. A média de 17 milhões por ano o torna o jogador mais bem pago da sua posição na NFL.

Em campo, CJ Mosley mostrou que pode valer esse preço. O linebacker central soma impressionantes 579 tackles combinados, 8,5 sacks, 35 passes desviados, 9 interceptações e 1 touchdown em cinco temporadas (77 jogos).

No ataque

Não foi só a defesa que foi reforçada. Do outro lado da bola, o time contratou o recebedor Jamison Crawder e ainda acertou uma troca para adquirir o guard Kelechi Osemele.

CJ Mosley (Foto: Baltimore Ravens)

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: