Nick Foles fecha com o Jaguars; confira mais negociações

Por Ronaldo Barreto – Não é surpresa para ninguém, mas Nick Foles jogará pelo Jacksonville Jaguars em 2019. Nesta segunda-feira (11), o quarterback fechou acordo de 88 milhões de dólares, com prazo de quatro anos. O dia, aliás, foi cheio de negociações na NFL.

MAIS: As negociações da terça-feira (12)

Segundo Ian Rapoport e Mike Garafolo, da NFL Network, ainda há a possibilidade de Foles embolsar mais 14 milhões em incentivos. O MVP do Super Bowl LII, certamente, chega para ser titular. Com isso, Blake Bortles não deve continuar em Jax.

A segunda-feira foi agitada na NFL: Danny Amendola, Landon Collins e Malik Jackson já acertaram novos contratos. Porém, todos os acordos só podem ser fechados oficialmente na quarta-feira (13), quando abre a janela de transferências da NFL, a ‘free agency’.

Confira as principais transações que já aconteceram nesta segunda:

Arizona Cardinals: O quarterback Mike Glennon e o safety Anthony Bethea foram dispensados na última semana. Nesta segunda, os Cardinals adicionaram um bom defensor ao seu elenco: o linebacker Terrell Suggs, um dos melhores nomes disponíveis no mercado, fechou um contrato com números ainda não divulgados.

Buffalo Bills: Após ser dispensado pelo Texans, o cornerback Kevin Johnson acertou com os Bills. Além do lateral, a equipe contratou o veterano corredor Frank Gore, de 35 anos. Segundo a NFL Network, o vínculo é de um ano com valor de 2 milhões de dólares. 

Carolina Panthers: Geralmente, o time é mais discreto na free agency e não está sendo diferente. As principais movimentações foram renovações, ambas de safeties: Eric Reid e Colin Jones (esta, feita hoje). Em contrapartida, dois jogadores da secundária foram cortados.

Cincinnati Bengals: A equipe renovou com o tight end CJ Uzomah por tês anos, com calor de 18 milhões de dólares. Também fechou com um ex-Giants, o OT Bobby Hart: 3 anos e 21 milhões.

Denver Broncos: A equipe do Colorado buscou no mercado um jogador para reforçar a secundária. Kareem Jackson, ex-Texans, fechou contrato de três anos por 33 milhões de dólares, com 23 mi garantidos. O time também investiu pesado na linha ofensiva, acertando contrato de 51 milhões de dólares por 4 temporadas com o tackle direito Ja’Wuan James. Pensamento já te proteger Joe Flacco, que chegou via troca.

Detroit Lions: Contratou o wide receiver Danny Amendola e o defensive end Trey Flowers, que estava no New England Patriots. Também nesta segunda, o cornerback Justin Coleman, ex-Seahawks, deixou tudo acertado e vai assinar contrato na quarta-feira. Dois desses jogadores trabalharam com o técnico Matt Patricia em New England. O tight end Jesse James, ex-Steelers, também irá assinar contrato.

Danny Amendola (Foto: Detroit Lions)

Indianapolis Colts: O QB Andrew Luck terá um novo alvo em 2019. O time acertou com Devin Funchess, que estava no Carolina Panthers, um contrato de um ano, com valor de 13 milhões de dólares. O jogador ficou em Charlotte por 4 temporadas.

Kansas City Chiefs: O time dispensou uma das lendas da equipe, o outside linebacker Justin Houston e ainda busca renovar com o defensive end Dee Ford. Foram contratados o running back Carlos Hyde e um nome cobiçado no mercado, o safety Tyrann Mathieu, o ‘texugo do mel’.

Los Angeles Rams: O mercado de safeties está bem agitado e outro nome que ganhou casa nova para 2019 é o veterano Eric Weddle. Os Rams também acertaram a renovação de contrato do LB Dante Fowler Jr. por mais um ano.

New England Patriots: O campeão do Super Bowl se reforçou, por enquanto, com a chegada do defensive end Michael Bennett, ex-Eagles. Filadélfia enviou o jogador mais uma escolha de sétima rodada do Draft 2020, por uma escolha de quinto round do Draft 2020.

New York Jets: O time novaiorquino desembolsou uma boa grana para contar com o wide receiver Jamison Crowder, ex-Redskins. O contrato de três anos tem valor de 28,5 milhões de dólares, com 17 mi garantidos. Outra aquisição foi o pass rusher Anthony Barr, ex-Vikings. O outside linebacker teve grandes temporadas em Minnesota.

Oakland Raiders: Um dos times que mais trabalharam antes da abertura da FA. Além da bombástica aquisição de Antonio Brown, os Corsários renovaram com o safety Erik Harris, trocaram o guard Kelechi Osemele (e uma 6ª rodada por uma escolha de 5ª rodada) para o NY Jets, renovaram também com o DT Johnathan Hankins e contrataram o offensive tackle Trent Brown – com vínculo de quatro anos no valor de 66 milhões de dólares. Mais para o final do dia, veio uma contratação para a defesa, o safety Lamarcus Joyner, ex-Rams.

Philadelphia Eagles: A principal movimentação dos Eagles foi a contratação do DT Malik Jackson, que estava no Jacksonville Jaguars nos últimos três anos. O jogador chega para reforçar a já boa linha defensiva de Philly. O outro reforço foi para o ataque e, na verdade, é um retorno. O WR DeSean Jackson foi trocado pelos Buccaneers, que mandaram ainda uma escolha de sétima rodada do Draft 2020, por uma seleção de sexta rodada do Draft deste ano.

San Francisco 49ers: Os Niners demoraram para se mexer, mas acertaram com um bom nome. O linebacker Kwon Alexander fechou acordo de quatro anos, no valor de 54 milhões de dólares, com 27 mi garantidos.

Tennessee Titans: A equipe reforçou os dois lados da bola nesta segunda. Primeiro, o safety Kenny Vaccaro renovou contrato por mais quatro anos, com valor de 28 milhões de dólares (1,5 mi garantidos). Depois, foi a vez de acertar com o recebedor Adam Humphries, ex-Bucs: vínculo de quatro anos e 36 milhões de dólares.

Washington Redskins: Depois de fechar acordo com o lançador Case Keenum, a equipe contratou um safety considerado um dos melhores da liga. Landon Collins fechou contrato de seis anos.

 

Nick Foles (Foto: 📷: Matt Rourke/AP via Instagram/NFL Brasil)

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: