Oakland Raiders fecha acordo e adquire Antonio Brown em troca

A segunda temporada da série Antonio Brown terminou com um final que muitos apostavam. Na calada da noite de sábado para domingo (10), o recebedor acertou sua ida para o Oakland Raiders, em uma troca com o Pittsburgh Steelers.

Segundo as fontes, o acordo verbal foi feito, já que qualquer negociação só poderá ser finalizada a partir do dia 13 de março, com a abertura da janela da NFL,  a ‘free agency’

Os Raiders mandarão uma escolha de terceira e outra de quinta rodada do Draft 2019 aos Steelers. Uma das condições que Brown colocava – na verdade a principal – era que o contrato fosse reestruturado. O pedido foi atendido, e o Toninho receberá 50,125 milhões de dólares (com possível bônus de 4 milhões) e 30,125 mi garantidos.

Outro ponto crucial para o jogador ir para Oakland é que ele queria ir para lá. O wide receiver postou um vídeo em que aparece com Derek Carr, quarterback do time, no Pro Bowl, com a legenda “Amor à primeira vista”:

As informações foram divulgadas por Ian Rapoport, da NFL Network, e Adam Schefter, da ESPN norte-americana.

A primeira temporada dessa série teve ausência em treino e em jogo e acabou com o recebedor se despedindo da torcida nas redes sociais. Na segunda, começou um leilão e vários times buscaram o negócio. O Buffalo Bills chegou perto, mas não fechou um acordo.

Em Pittsburgh desde quando foi draftado, sem muito prestígio, em 2010, Antonio Brown se consolidou como um dos melhores wide receivers da NFL. Em nove temporadas, passou das mil jardas em recepções em sete. Em 2015, teve a marca de 1.834 jardas e 10 touchdowns.

Antonio Brown (Foto: NFL/Instagram)

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: