Bufallo Bills tenta troca por Antonio Brown, mas desiste do negócio

O Buffalo Bills, até aqui, foi o time que mais chegou perto de conseguir contratar o wide receiver Antonio Brown. No entanto o negócio não foi fechado, e a equipe da AFC Leste desistiu.

MAIS: Redskins acerta troca para contratar Case Keenum

“Nós perguntamos sobre Antonio Brown na terça-feira e mantivemos as negociações abertas com os Steelers. Tivemos conversas positivas, mas no final das contas isso não fez sentido para nenhuma das partes. Apesar do grande jogador que Antonio Brown é, nós seguimos em frente e nosso foco está na free agency”, disse Brandon Beane, general manager do Bills.

A NFL Netowrk chegou a informar que o jogador estaria perto de um acordo com o time, mas o próprio Toninho comentou na postagem: “Fake News”.

Segundo informações da Adam Schefter, da ESPN norte-americana, três times, além de Buffalo, entraram em contato para monitorar a situação até a sexta-feira passada (1): Washington Redskins, Oakland Raiders e Tennessee Titans. Agora, há entre seis e sete equipes na disputa.

Depois de uma grande novela com o Pittsburgh Steelers, o recebedor chegou à conclusão que não ficaria mais no time. Restando ainda três anos de um contrato com bons valores (mais de 36 milhões de dólares), Antonio Brown será trocado. No novo time, buscará um novo contrato, pois esse não prevê um valor garantido.

Em Pittsburgh desde quando foi draftado sem muito prestígio, em 2010, Brown se consolidou como um dos melhores wide receivers da NFL. Em nove temporadas, passou das mil jardas em recepções em sete. Em 2015, teve a marca de 1.834 jardas e 10 touchdowns.

Antonio Brown (Foto: NFL)

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: