Tom Brady grava vídeo para brasileiro que não pôde ir ao Super Bowl LIII

Você já deve, no mínimo, ter se imaginado em um Super Bowl. Outros chegam a planejar e compram tudo, a exemplo do que fez Gilson Gomes Filho, torcedor do New England Patriots, para o de 2019. De última hora, por conta do seu tratamento contra um câncer, a viagem foi cancelada. Porém, os amigos ajudaram, e Gilsinho teve um alento.

ATUALIZAÇÃO: Infelizmente, o Gilsinho faleceu no dia 20 de fevereiro.

Os colegas e familiares conseguiram um vídeo com uma mensagem de um ídolo, Tom Brady. Claro, ele não segurou a emoção:

Gilson, que luta contra a doença há seis anos, contou ao Diário do Nordeste como tudo aconteceu.

“No final do ano passado, nós suspendemos a medicação. Ao mesmo tempo, fui atrás de realizar alguns sonhos. Veio a ideia do Super Bowl. Foram emitidas passagens, tickets, e os amigos se juntaram e arrecadaram esse dinheiro para o ingresso. Estava tudo na mão. Dez dias antes de embarque, tive um problema hepático, fui internado e operado. A viagem foi para o beleléu. Os mesmos amigos, de diversas formas, foram cercando a família Brady. Com emails, mensagens no WhatsApp. Quando ele conseguiu falar depois do Super Bowl, a Giselle já tinha falado com ele sobre esse depoimento. Ele passou uma mensagem. Numa reunião do nosso grupo de casais eles trouxeram e me mostraram”, disse.

Gilson não conseguiu ver o seu time do coração ser campeão em cima do Los Angeles Rams, conquistando o sexto Super Bowl da história da franquia.

Em um vídeo, o brasileiro respondeu o astro dos Patriots. “Gostaria de te agradecer pela mensagem que você mandou. Gostaria que você soubesse que eu sempre apoiarei vocês e espero, de verdade, que vocês cheguem ao Super Bowl no próximo ano. Eu sei que vocês vão conseguir, mas eu não sei se eu vou conseguir. Mas, mesmo assim, se eu já tiver partido, serei um anjo, rezando e acreditando que vocês cheguem ao décimo Super Bowl e à sétima vitória. Todo meu amor a você, a Gisele, a suas crianças. Espero que algum dia nos encontremos, de alguma forma”, declarou.

Parabéns, Gilsinho, amigos e Brady. Que história!

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: