Super Bowl LIII: Los Angeles Rams x New England Patriots

Por Caio Souza – Ao longo da temporada, fizemos diversos pré-jogos, com intuito de mostrar para torcedor o potencial e força das equipes antes do confronto. Só que neste domingo (03), é Super Bowl LIII. Um acerto ou erro pode escrever o nome de jogadores na história. Será que Los Angeles Rams e New England Patriots farão um jogo emocionante? Os personagens dessa final já dão indícios que a decisão, no Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta, promete ser de arrepiar.

Os Rams apostam na força do ataque e ousadia do técnico Sean McVay, que será o técnico mais jovem na história da liga a disputar um Super Bowl. Na grande decisão, Mcvay irá completar o seu 36º jogo como head coach, aos 33 anos de idade.

No lado dos Patriots, o treinador conhecido por acordar mais cedo do que todos os outros, considerado por muitos o maior da história.  Aos 66 anos, Bill Belichick dedicou 43 anos de sua vida à NFL. O head coach começou sua carreira em 1975, com sua primeira oportunidade como treinador principal sendo no Cleveland Browns. Bill acabou demitido após três temporadas, ingressando no New England Patriots em 2000. Desde então, Belichick formou um Patriots com apenas uma mentalidade: conquistar títulos. 

Jared Goff x Tom Brady

Existe apenas uma coincidência entre os dois Quarterbacks do SB. Jared Goff vai para sua primeira decisão tendo 24 anos de idade, mesma idade que Tom Brady tinha quando conquistou seu primeiro título em cima do antigo St. Louis Rams, em 2002.

Jared Goff foi primeira escolha geral do draft de 2016. Mesmo assim, o jovem não era considerado um dos mais talentosos na posição.  Goff não é elogiado como Patrick Mahomes ou Carson Wentz, mas o Qb mostra um comportamento de liderança, mesmo quando o cenário do jogo não está a seu favor. Nos dois jogos de playoffs, contra Dallas Cowboys e New Orleans Saints, ele lançou para 483 jardas, 1 touchdown e 1 interceptação. Na final de conferência diante do Saints, Goff possuiu um Rating de 83.0.

Enquanto Goff e McVay vão para a primeira final, Tom Brady vai disputar o seu nono Super Bowl. Brady já completou os anéis na mão direita, agora, o craque vai em busca do sexto anel. O “Goat” já disse que não planeja uma aposentadoria, independente se o título vier ou não. Brady lançou para 697 jardas, 2 TDs e 1 Int, no mata-mata. Na decisão da AFC, contra o Kansa City Chiefs, o Quarterback terminou o jogo com um Rating de 77.1, mas foi decisivo no drive da vitória na prorrogação.

Setor ofensivo

Os nomes dos jogadores de ataque que podem fazer a diferença estão, certamente, decorados na mente do fã da bola oval. Pelo lado de LA, Todd Gurley II é o motor do time, percorrendo 1.251 jardas e convertendo 17 TDs. Para auxiliar Gurley, o elenco aposta em C.J. Anderson, que conquistou o Super Bowl 50 pelo Denver Broncos, e, chegando já no fim do ano, correu para 403 jardas e 2 touchdowns.

No corpo de recebedores, Brandin Cooks e Robert Woods são os principais alvos de Goff. O Wide receiver Cooks já percorreu 1.204 jardas e anotou 5 TDs; o seu companheiro Woods disparou para 1.219 jardas e 6 TDs.

James White faz o trabalho de mover as correntes em New England, o corredor avançou para 435 jardas e 5 touchdowns. Não é surpresa que Julian Edelman foi o recebedor mais acionado por Brady. O WR avançou para 858 jardas e foi para grande área em 6 oportunidades. Porém, essa dupla é reforçada com um integrante de peso: Rob Gronkowski não foi tão participativo na temporada, correndo para 682 jardas e 3 TDs, mas é um tanque imparável quando se trata de finais. Além desses craques, o time tem a ajuda de Chris Hogan, que disparou para 532 jardas e 3 TDs. 

Setor Defensivo

A missão de parar Tom Brady pode chegar a beira do impossível, mas o Defensive tackle Aaaron Donald está preparado para mudar esse cenário. Donald é um monstro na posição, com 20,5 sacks e 4 fumbles. Para manter intocável a secundária, John John que forçou 1 fumble e 4 interceptações, e Cory Littleton tendo 3 INt são os destaques. Porém uma final muitas vezes é vencida nas mãos de jogadores experientes, como Aqib Talib – o Cornerback campeão do SB 50 forçou 1 fumble e 1 interceptação.

David Andrews e Aaron Donald farão duelo nas trincheiras (Fotos: Patriots e Rams/Site oficial)

Para os Patriots, a defesa é uma extensão do ataque, que contém muita disciplina. O destaque da linha defensiva é Trey Flowers forçando 7.5 sacks e 3 Fumbles. Protegendo a secundária, Duron Harmon e Stephon Gilmore. Harmon possuiu 4 Interceptações e 32 tackles, enquanto, Gilmore efetuou 2 Int e 2 fumbles.

Kickers

Essa temporada foi de glórias e erros para os Kickers. Muitas partidas foram decididas com o chute decisivo para os times. No SB LIII, ambas as equipes têm chutadores excelentes, Greg Zuerlein chutou para 31 Field goals e acertou 27, com 116 pontos, a patada mais distante do Kicker foi de 56 jardas. 

Stephen Gostkowski certamente estará no Hall of time dos Patriots. O Kicker é um dos nomes vencedores da franquia, que efetuou 32 Field goals e converteu 27, resultando em 130 pontos, o mais longo para 52 jardas. 

Show do intervalo

Michael Jackson, Paul Mccartney, Beyonce, Bruno Mars, Lady Gaga entre outras estrelas da música esses passaram pelo gramado do Super Bowl. No Super Bowl LIII, a banda pop Maroon 5 será atração principal no Mercedes-Benz Stadium. Além do grupo liderada pelo vocalista Adam Levine, os rappers Tavis Scott e Big Boi irão dividir palco com a banda. 

Nos Estados Unidos, é tradição os torcedores se reunirem com muita comida e bebida para assistir a final. Aqui no Brasil, o esporte vem crescendo a cada ano e o reconhecimento do FA Nacional também. O Super Bowl LIII é uma grande oportunidade para você chamar os amigos e mostrar o quanto esse esporte é emocionante.

Sempre tem aquele que ainda não acompanha muito e precisa aprender mais, por isso temos o ‘ENTENDA O FA’.

%d blogueiros gostam disto: