NFL 2018 – Semana 11: Resumo do domingo

A Semana 11 da NFL 2018 começou na quinta-feira com a grande vitória do Seattle Seahawks sobre Green Bay Packers e teve seu complemento neste domingo (18), com mais ótimos duelos. A maioria dos times embalados conseguiram manter as boas campanhas. A notícia ruim do dia foi a grave lesão do quarterback Alex Smith. Confira um resumo do que aconteceu na rodada:

As vitórias de Colts, Steelers, Saints e Bears estão em notas separadas

(3-7) Tampa Bay Buccaneers 35 x 38 New York Giants (3-7)

O New York Giants conseguiu, pela primeira vez na temporada, ganhar duas seguidas. Foi com muito sufoco e uma grande ajuda do calouro Saquon Barkley, mais uma vez. O corredor marcou três TDs e teve 152 jardas totais. Vale lembrar também Eli Manning, que passou para 2 TDs e terminou com rating 155.8.

A defesa do time da casa começou bem, mas permitiu muitos pontos na reta final. Ryan Fitzpatrick foi interceptado 3 vezes e foi substituído por Jameis Winston, que passou para 2 TDs e 1 Int. Peyton Barber foi o ponto positivo de Tampa, com 106 jardas e TD, além, é claro, da estreia perfeita do brasileiro Cairo Santos: 5/5 em pontos extras.

(7-3) Houston Texans 23 x 21 Washington Redskins (6-4)

Impressionante a subida que os Texans tiveram após três derrotas nos primeiros jogos. Com boa atuação de Lamar Miller e um Deshaun Watson que oscilou na partida, Houston chegou à sétima vitória seguida. Mas o principal lance foi protagonizado por Justin Reid, que retornou 101 jardas após fazer uma interceptação e marcou o TD. Ka’imi Fairbairn acertou o chute que garantiu a vitória no fim.

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

🚨101-YARD PICK SIX ALERT! 🚨@jreid_viii 📺: #HOUvsWAS on CBS

Uma publicação compartilhada por NFL (@nfl) em

Pelo lado dos peles-vermelhas, a fratura na perna de Alex Smith deixou todos preocupados. Mas a atuação do QB não era boa, com Adrian Peterson se destacando e marcando dois touchdowns.

(5-5) Cincinnati Bengals 21 x 24 Baltimore Ravens (5-5)

Lamar Jackson fez seu primeiro jogo como QB titular dos Corvos e foi bem no que ele já mostra fazer de melhor: as corridas. Utilizado muito como running back, ele teve 27 carregadas para 117 jardas. Com o braço, no entanto, não teve tantos passes e ficou 13/19 em passes certos para 150 jardas e 1 Int. Gus Edwards também foi muito utilizado como RB e teve 115 jardas, mais um TD.

Do outro lado, Andy Dalton também foi o principal corredor do time, mas com números bem mais modestos – apenas 2 carregadas para 29 jardas. O QB teve, em contrapartida, muitos passes lançados, mas acertou 19 em 36, para 2 TDs.

(5-5) Dallas Cowboys 22 x 19 Atlanta Falcons (4-6)

Ezekiel Elliott continua carregando Dallas nas costas. O RB teve incríveis 201 jardas totais e marcou 1 touchdown. Mas quem garantiu a vitória que mantém os Cowboys na briga pela liderança da NFC Leste foi o field goal de Brett Maher, no último drive da partida. O jogo aéreo funcionou bem com Dak Prescott. O QB não teve uma atuação brilhante, mas não comprometeu.

Matt Ryan soltou seu braço de novo, principalmente para Julio Jones, mas esse estilo de jogo não tem dado certo em 2018. O quarterback teve 291 jardas e passou para 1 TD e 1 Int. Falcões dando adeus às chances de se classificar em primeiro e com chances remotas de wild card.

(6-4) Carolina Panthers 19 x 20 Detroit Lions (4-6)

A divisão está difícil, mas o torcedor mais iludido do Lions pode pensar que dá para chegar lá. Com um bom jogo corrido e a defesa segurando em momentos cruciais, a equipe conseguiu uma boa vitória em casa. O recebedor Kenny Golladay foi destaque, com 113 jardas e 8 recepções, uma delas para um lindo TD.

Como não é muito comum, os Panthers avançaram pouco com o jogo terrestre. Cam Newton, sempre líder entre os QBs correndo, só teve duas carregadas, para 2 jardas. Por outro lado, o lançador foi muito bem no jogo aéreo, com três TDs. Mas os erros do kicker Graham Gano custaram caro, e uma tentativa de conversão que deu errado no fim (quando o time poderia empatar o duelo com um ponto extra) acarretaram no revés.

(4-6) Denver Broncos 23 x 22 Los Angeles Chargers (7-3)

Vitória para dar, pelo menos, um motivo para o torcedor dos Broncos sorrir. Mas o triunfo veio a muito custo, com emoção. Brandon McManus deu o chute que selou o placar com o cronômetro zerado.

O jogo, no geral, foi bem equilibrado. Os Chargers, líderes da AFC Oeste, mandaram na partida até metade do terceiro quarto, mas cederam a chance do rival encostar com turnovers, com uma interceptação que Philip Rivers sofreu.

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A last-second FG for the @broncos! #LACvsDEN

Uma publicação compartilhada por NFL (@nfl) em

(2-8) Oakland Raiders 22 x 21 Arizona Cardinals (2-8)

Os Raiders estavam nadando de braçada rumo à pior campanha da temporada, mas se depararam com outro time que está na briga. O confronto foi morno até certo ponto, com Derek Carr sofrendo com a pressão, mas se virando bem

No último quarto, porém, Larry Fitzgerald marcou o TD no passe de Josh Rosen e deixou Arizona à frente por um ponto. Então, depois de três punts, o contestado Daniel Carlson se tornou herói ao marcar o FG da vitória nos últimos segundos.

Foto: Giants/Instagram

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: