Bengals demite coordenador defensivo Teryl Austin

A diretoria do Cincinnati Bengals já começou a apontar os culpados pela péssima atuação do time contra o New Orleans Saints, no domingo (11), em casa. A franquia anunciou nesta segunda-feira que demitiu o coordenador defensivo Teryl Austin.

A derrota não foi como qualquer outra. Jogando no Paul Brown Stadium, a equipe foi atropelada, perdendo por 51 a 14, o que fez as estatísticas do setor despencarem.

Austin, de 53 anos de idade, estava em sua primeira temporada como técnico do time. O atropelamento em casa foi a gota d’água, mas a defesa já se mostrou frágil em outras partidas. A equipe chegou no recorde nada desejável de ceder mais de 500 jardas em três jogos seguidos.

Segundo a ESPN norte-americana, o técnico principal Marvin Lewis assumirá o cargo deixado por Teryl.

Ano passado também foi de demissões em Cincinnati. 2017 foi a vez de Ken Zampese, que estava desde 2003 com a franquia, ser mandado embora do cargo de coordenador ofensivo.

Teryl Austin (Foto: Instagram/Bengals)

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: