A volta do “The Greatest Show on Turf”: Los Angeles Rams seguem invictos

Por Paulo Sérgio – “The Greatest Show on Turf” (algo como ‘O Maior Show em Campo) é como ficou conhecido os Rams que encantaram a liga entre 1999 e 2002. Comandado pelo coordenador ofensivo Mike Martz, o ataque avassalador tinha uma sincronia perfeita entre jogo terrestre e aéreo, com muita dinâmica e criatividade no play-book.

Durante esse período, três vezes jogadores da franquia foram eleitos MVP da temporada regular; o Running Back Marshall Faulk em 2000 e o Quarterback Kurt Warner em 1999 e 2001. Além disso, os Rams chegaram duas vezes ao Super Bowl, na temporada de 1999 e 2001, vencendo na primeira aparição o Teenessee Titans e perdendo, surpreendentemente, do New England Patriots na temporada de 2001.
Olha o que o menino Faulk fazia:

 
 
 
 
 

Visualizar esta foto no Instagram.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

#FBF one of our Greatest running backs of ALL time @marshallfaulk #MarshallFaulk #SuperBowlXXXIV year 2000 #NFLMVP #STLrams #LARAMS #28 #GreatestShowOnTurf #MOBsquad #NFCwest #Runningback 7x #ProBowler 1994 #OROY 3x #OPOY

Uma publicação compartilhada por RamsCave (@ramscave) em


Antes desta atual temporada começar, a expectativa em cima do atual Los Angeles Rams era gigante. Durante esses anos, inclusive quando ainda era de Sta. Louis, a franquia esteve longe de ser competitiva. Porém, depois de ir bem nos drafts anteriores – quando escolheu Todd Gurley na décima escolha da primeira rodada de 2015 e Jared Goff na primeira escolha do draft de 2016 -, os Rams começaram a evoluir.

Após uma ótima temporada passada, vencendo a divisão oeste da NFC com um recorde de 11-5 e ficando em terceiro na classificação geral da NFC, sendo eliminado nos playoffs para o Atlanta Falcons na primeira rodada, os Rams resolveram apostar todas suas fichas nesta atual temporada na montagem do seu elenco. Foram várias trocas de escolhas de drafts futuros para trazer jogadores de pesos para seu elenco. Inclusive uma no último dia da janela, pelo DE Dante Fowler.

Entre outras estão: Marcus Peters, ótimo corneback vindo do Kansas City Chiefs, assim como outro corneback, Aqib Talib, vindo do Denver Broncos, onde foi campeão do Super Bowl 50. Ainda na defesa, outro grande destaque é o Defensive tackle Ndamukong Suh, vindo para formar uma incrível linha defensiva com Aaron Donald. Para o ataque, o grande destaque fica por conta do Wide Reciever Brandin Cooks, que chegou para ser o principal alvo de Jared Goff.

Com tantas aquisições de peso somadas ao talento que já existia na equipe, LA formou, possivelmente, o melhor elenco no papel. Entretanto, essa é uma operação de risco, pois se esse time não tiver sucesso de imediato, os Rams “entregaram” seu futuro usando várias escolhas de drafts dos próximos anos para formar esse poderoso elenco. Ou seja, foram para o tudo ou nada.

Deu liga

Dentro de campo, as expectativas vem sendo correspondidas a cada semana que passa, com um equilíbrio perfeito de ataque e defesa. Todd Gurley, um dos candidatos a MVP da temporada passada continua sendo o principal jogador do ataque, seguido do jovem e eficiente QB Jared Goff – ambos podem ser colocados na briga por MVP.

Com Gurley brilhando, a equipe lidera a NFL em jardas terrestres, com média de 150.9 yds por partida. O ataque também não perdoa e anota muitos pontos; já são 264 em 8 jogos, uma média de 33 por confronto.

Em apenas dois jogos os comandados de Sean McVay não ultrapassaram a marca de 30 pontos, um número expressivo, que enfatiza o quão explosivo é o setor.

Todd Gurley foi cotado para MVP no ano passado e chega ainda mai favorito para 2018 (Foto: Instagram)

A primeira metade da temporada regular vem sendo animadora: o Rams é a única equipe invicta NFL com uma campanha de 8-0 e seguem como totais favoritos a chegar ao Super Bowl pela conferência NFC.

Nos oito primeiros jogos, as vítimas foram: Raiders, Cardinals, Chargers, Vikings, Seahawks, Broncos, 49ers e Packers. Apenas Seattle, Denver e Green Bay foram ameaças reais à invencibilidade dos Carneiros.

Os Rams se encaminham a passos largos ao sucesso, sonhando em terminar a temporada regular de forma invicta e fazer história. Se acontecer, a segunda parte do “The Greatest Show on Turf” está de volta aos gramados da NFL, assim como no início dos anos 2000.

Foto: AP/ Ben Liebenberg Via Instagram/Rams

2 comentários em “A volta do “The Greatest Show on Turf”: Los Angeles Rams seguem invictos

%d blogueiros gostam disto: