Saints aproveita turnovers e derrota o Minnesota Vikings

O resultado não teve as mesmas consequências, mas o torcedor do New Orleans Saints sentiu que a vitória deste domingo (28) foi uma revanche contra o Minnesota Vikings, depois do ‘Milagre de Minneapolis’. O triunfo, por 30 a 20, aconteceu no primeiro duelo entre as equipes após a semifinal da NFC da última temporada.

MAIS: NFL 2018 – Semana 8: Resumo do domingo

New Orleans continua liderando a NFC Sul com campanha 6-1. O revés deixa o time comandado por Mike Zimmer com 4-3-1, também em primeiro na NFC Norte.

O jogo

Como o esperado, muito equilíbrio no Sunday Night Football. Também era aguardado que os ataques tentassem marcar rapidamente e ambos chegaram ao touchdown em suas campanhas iniciais.

Os Saints variaram muito suas jogadas de ataque, utilizando até os 3 quarterbacks no mesmo snap. Em um dos lances surpreendentes, Tayson Hill deu um belo passe longo para Michael Thomas deixar o ataque na cara do gol. Alvin Kamara foi acionado por Drew Bress e abriu o placar.

O desconto veio logo. Com direito a recepção incrível de Adam Thielen, o drive terminou com Kirk Cousins passando para Stefon Diggs marcar. A virada veio com a corrida e o voo por cima das linhas de Latavius Murray. Com o ponto extra errado de Dan Bailey, o placar ficou em 13 a 7.

 

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

MOSSED. ? #SKOL ?: #NOvsMIN on NBC #SNF

Uma publicação compartilhada por NFL (@nfl) em

Will Lutz acertou um field goal de 52 jardas e os visitantes encostaram. Mas Brees soltou um passe no meio e a bola foi mais alta do que Thomas poderia alcançar, então Harrison Smith fez a primeira interceptação de Drew Brees na temporada.

Os Vikings não aproveitaram o turnover e cederam a bola novamente. Thielen fez a recepção e sofreu fumble, forçado por Alex Anzalone e recuperado por Marshon Lattimore. Kamara foi até a end zone em apenas duas jogadas, virando o jogo antes dos times irem ao intervalo.

Minnesota voltou tentando ser mais agressivo, mas esbarrou na defesa em uma quarta descida. Lutz acertou mais um chute no Y na sequência. Mais uma vez o ataque evoluía bem, mas um vacilo de Diggs e Cousins resultou em interceptação retornada para TD de PJ Williams.

Lutz acertou mais um chute e deixou uma virada quase impossível. A campanha de ataque foi efetiva, terminando com o TD de Adam Thielen, mas ela acabou sendo longa demais para as pretensões dos mandantes. Com a bola, New Orleans controlou o relógio e saiu com a vitória.

Foto: Brad Rempel/USAT/Instagram/NFL

Principais números

PASSANDO

NO
D. Brees
18-23, 120 YDS, 1 TD, 1 INT

MIN
K. Cousins
31-41, 359 YDS, 2 TD, 1 INT

CORRENDO

NO
M. Ingram II
13 CAR, 63 YDS

MIN
L. Murray
13 CAR, 56 YDS, 1 TD

RECEBENDO

NO
M. Thomas
5 REC, 81 YDS

MIN
S. Diggs
10 REC, 119 YDS, 1 TD

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: