Breeland Speaks explica por que errou tackle em Tom Brady

Pequenos lances podem mudar o placar final de jogos grandes. Nunca dá para ter certeza do que aconteceria, mas, para quem acaba perdendo, só resta ficar remoendo os detalhes da partida. É o que deve estar passando na cabeça do calouro Breeland Speaks, após não conseguir derrubar Tom Brady e ‘deixar’ o adversário marcar o touchdown. Ele teve que se explicar após a derrota do Chiefs.

MAIS: Confira um resumo do que aconteceu no domingo da Semana 6 da NFL

“Porque eu achei que a bola já tinha saído, então eu não o levei ao chão. É uma merda. É uma merda. Você deve finalizar jogadas assim”, disse. O novato afirmou que teve receio da arbitragem marcar a falta ‘roughing the passer’.

Speaks ressaltou que precisará se adaptar à regra, mas que não hesitará mais quando tiver a chace de fazer o sack “É o risco que temos que correr agora. Sendo marcada a falta ou não, aconteça o que acontecer, você tem que ir em frente, passar por cima e fazer a jogada”, completou.

Até mesmo Brady se mostrou surpreso com o lance. “Eu não sei o que aconteceu. Eles marcaram duplamente três caras na jogada, eu estou feliz. Tenho que assistir amanhã, mas eu cheguei perto da linha de gol e pensei em tentar entrar. Precisávamos disso”, comentou.

A jogada aconteceu em um momento crucial. Kansas City estava vencendo por 33 a 30, e o ataque do New England Patriots chegou à linha de 4 jardas com uma terceira descida. Brady recebeu a bola e não encontrou seus recebedores desmarcados. Breeland conseguiu chegar no QB, o segurou, mas não o derrubou. Tom Brady ainda pensou algumas vezes antes de decidir correr para dar um mergulho na endzone. Foi marcado uma segurada da defesa, o que faria a jogada recomeçar com uma primeira descida na linha de 2 jardas (metade da distância para o gol), mas, com o TD, a falta foi declinada. Confira o vídeo:

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

🐐 in the end zone ‼️

Uma publicação compartilhada por New England Patriots (@patriots) em

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d bloggers like this: