Em noite mágica de Drew Brees, Saints vence Redskins com facilidade

A noite desta segunda-feira (8) ficará na memória do torcedor do New Orleans Saints para sempre. O fã viu o time vencer o Washington Redskins com facilidade, por 43 A 19 e acompanhou seu maior ídolo entrar para a história com mais um recorde quebrado na NFL. Drew Brees, com rating quase perfeito (153.2), se tornou o QB com mais jardas lançadas, ultrapassando Peyton Manning.

New Orleans fica 4-1 na temporada, liderando a NFC Sul. Já os Redskins ficam 2-2 (já folgaram na temporada).

MAIS: ESPN divulga transmissões da Semana 6 da NFL 2018

O jogo

A defesa dos donos da casa já começou subindo o muro na primeira campanha do adversário, forçando o punt. Com a bola, NO levou pouco tempo para chegar à endzone. Michael Thomas e Mark Ingram conseguiram grandes jogadas com passes de Drew Brees. Ingram colocou seis pontos na conta correndo na linha de 2 jardas – Will Lutz errou o ponto extra. Alex Smith conseguiu seus primeiros ‘first downs’ no drive seguinte, mas o ataque ficou com o field goal de Dustin Hopkins.

Thomas apareceu novamente recebendo passes para big plays, deixando o Saints em ótima posição de campo. Josh Hill anotou o TD recebendo passe de Brees no fim da campanha – nessa Lutz acertou o chute. Com muitas dificuldades, Smith conseguiu mais pontos, mas não foi como o torcedor queria: FG de 53 jardas de Hopkins. A defesa de Washington estava perdida e, mais uma vez, Mark Ingram anotou o TD.

Então, veio o momento mágico da noite para o torcedor do New Orleans Saints. Drew Brees estava próximo de bater um recorde que era de Peyton Manning. O QB estava no ‘shotgun’ (afastado do center), recebeu o snap e soltou o braço do lado direito. O novato Smith recebeu o passe açucarado e correu pela lateral até marcar. O estádio veio abaixo. Muita festa em cima do quarterback com mais jardas passadas na história da NFL. Homenagens mais do que merecidas ao maior ídolo da franquia.

O jogo não tinha acabado, os peles-vermelhas ainda estavam no sufoco. A defesa conseguiu forçar um fumble em Cameron Meredith, com Fabian Moreau. O turnover foi capitalizado com o TD terrestre de Alex Smith. Fim de primeiro tempo com Saints na frente, 26 a 13.

A noite era mesmo de festa e a empolgação dos donos da casa era quase impossível de ser contida. Tre’Quan Smith estava tão inspirado quanto o seu QB e fez mais um TD logo. Depois, Justin Hardee conseguiu a interceptação e quase correu o campo todo no retorno. Tayson Hill alinhou como QB na jogada e correu para deixar a vantagem quase inalcançável no terceiro quarto.

Smith continuou sofrendo com a pressão e cedeu um fumble quando o ataque já estava perto de marcar. Pelo menos desta vez, NO não marcou TD, ficou com o field goal. Ainda com esperanças, porém já muito abalado, os Redskins descontaram com o TD de Kapri Bibbs. Não tinha jeito, com Brees em uma noite mágica como essa, eu diria que é impossível.

Foto: Gerald Herbert/AP/Via NFL

Principais números

PASSANDO

WSH
A. Smith
23-39, 275 YDS, 1 INT

NO
D. Brees
26-29, 363 YDS, 3 TD

RUSHING YARDS

WSH
C. Thompson
8 CAR, 17 YDS

NO
M. Ingram II
16 CAR, 53 YDS, 2 TD

RECEIVING YARDS

WSH
J. Crowder
4 REC, 55 YDS

NO
T. Smith
3 REC, 111 YDS, 2 TD

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: