NFL 2018 – Semana 5: Resumo do domingo

Mais uma rodada com grandes jogos neste domingo (7) de NFL 2018. A Semana 5 começou com a vitória do New England Patriots sobre o Indianapolis Colts na quinta-feira e o complemento teve as vitórias Carolina Panthers, Detroit Lions, Los Angeles Rams e Houston Texans, e as outras você confere no resumo do domingo do NFL à Brasileira:

(Visitante x Mandante)

(2-3) New York Jets 34 x 16 Denver Broncos (2-3)

O New York Jets se recuperou das últimas derrotas com uma grande atuação do running back Isaiah Crowell. O corredor teve um touchdown de 77 jardas e somou 231 jardas totais (219 em corridas). O calouro Sam Darnold passou para três TDs – Robby Anderson 2x e Terrelle Pryor – e foi interceptado uma vez.

O ataque terrestre dos Broncos pouco funcionou e Case Keenum teve que arriscar muitos passes. O QB de Denver ficou com 35/51 no acerto de passes, para 2 touchdowns e uma interceptação. No lado laranja, Demaryius Thomas foi líder em recepções com 105 jardas e um TD.

(3-2) Miami Dolphins 17 x 27 Cincinnati Bengals (4-1)

Mesmo em casa, o Cincinnati Bengals começou mal a partida deste domingo. O Dolphins não quis saber e anotou dois touchdowns – Kenyan Drake recebendo passe de Rhyan Tannehill; Jakeem Grant com um belo retorno de punt.

No entanto, a equipe acordou no segundo tempo e marcou 27 pontos seguidos. Joe Mixon, que retornou após contusão, marcou o TD, Michael Johnson colocou na conta uma pick 6. No fim, Sam Hubbard recuperou um fumble forçado por Carlos Dunlap em cima de Tannehill. A interceptação de Jesse Bates decretou a quarta vitória na temporada.

(1-4) Atlanta Falcons 17 x 41 Pittsburgh Steelers (2-2-1)

Antonio Brown foi um dos destaques do Steelers na vitória segura sobre o Atlanta Falcons. O recebedor marcou 2 touchdowns e somou 101 jardas em 6 recepções feitas. Outro ponto positivo foi James Conners, que vem sendo crucial nos triunfos da equipe. O corredor teve 110 jardas e também marcou 2 TDs. Na defesa, TJ Watt foi monstruoso, com 3 sacks.

Do outro lado, Matt Ryan teve vide difícil no Heinz Field. Além das derrubadas de Watt, o QB foi sackado mais três vezes; em uma delas, acabou soltando a bola.

(3-2) Jacksonville Jaguars 14 x 30 Kansas City Chiefs (5-0)

Para muitos, a ‘prova de fogo’ do ataque do Kansas City Chiefs nesta temporada seria contra a defesa do Jaguars, cotada como uma das melhores da NFL atualmente. Se foi, a equipe confirmou que vem muito forte mesmo. No entanto, Patrick Mahomes não foi brilhante como nos jogos anteriores, sendo inclusive interceptado duas vezes, mas conseguiu anotar um TD importante em jogada terrestre.

Já Blake Bortles foi muito mal. Teve o passe para o touchdown de TJ Yeldon e a corrida para marcar no fim, mas seu início foi péssimo, com quatro interceptações. Em uma das Int., o defensive tackle pegou a bola facilmente e correu para a pick 6 com um belo drible que deixou o QB no chão.

(3-2) Tennessee Titans 12 x 13 Buffalo Bills (2-3)

O grande nome do jogo foi Stephen Hauschka. Os ataques estiveram bem abaixo, principalmente o aéreo, dos dois lados, e o kicker deu o chute decisivo para a terceira vitória dos Bills na temporada.

Josh Allen arriscou apenas 19 passes, acertou 10 para 82 jardas e 1 interceptação, mas foi essencial para o touchdown anotado (por ele mesmo) ainda no primeiro quarto. Marcus Mariota também não soltou muito o braço e ainda foi interceptado uma vez.

(3-2) Baltimore Ravens 9 x 12 Cleveland Browns (2-2-1)

Mais um jogo decidido pelo kicker. O calouro Greg Joseph acertou o chute na prorrogação e decretou a segunda vitória dos Marrons na temporada. Com isso, a campanha em 5 semanas já é melhor do que as duas últimas do time na NFL.

Foi o terceiro jogo do Browns que vai à prorrogação, mas a primeira vitória. Baker Mayfield soltou o braço para todos os lados e conseguiu 342 jardas, 1 TD e 1 int. Joe Flacco também arriscou muito, mas acertou pouco, terminanto com QB rating de 60.0.

(1-4) Oakland Raiders 10 x 26 Los Angeles Chargers (3-2)

A terceira vitória dos Chargers no ano veio com grande atuação do seu QB, Philip Rivers. A defesa mostrou força quando o adversário começou a ameçar e somou 3 sacks e 1 interceptação.

Já começando muito atrás, os Raiders foram obrigados a arriscar mais ‘pelo ar’. Marshawn Lynch só foi acionado 9 vezes, para 31 jardas (foram mais 2 recepções para 10 jardas). Derek Carr terminou com 24/33 de passes certos, para 268 jardas, 1 TD e 1 Int.

(1-4) Arizona Cardinals 28 x 18 San Francisco 49ers (1-4)

Enfim, a primeira vitória do Cardinals na temporada. O triunfo teve participação decisiva de David Johnson, que marcou 2 touchdowns. O calouro Josh Rosen não se arriscou muito e errou alguns passes, mas foi bem nos acertos e passou para o TD de Christian Kirk.

Já CJ Bethard foi o que se espera dele: não muita coisa. Passou para 2 TDs, mas foi interceptado 2 vezes, tentando 54 passes e acertando 34. Derrota péssima para as pretensões do time da Califórnia na temporada.

(2-2-1) Minnesota Vikings 23 x 21 Philadelphia Eagles (2-3)

A defesa dos Vikings finalmente mostrou o que o torcedor queria ver e lembrou a forte unidade que levou o time à final da NFC. Aliás, a decisão da conferência foi justamente contra o Eagles. No reencontro, Kirk Cousins foi bem, passando para 301 jardas e 1 touchdown para Adam Thielen.

Carson Wentz, por outro lado, não conseguiu ter tempo no pocket. Mesmo assim, o QB desempenhou bem o seu papel, lançando para 311 jardas e 2 touchdowns.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: