Gano acerta FG de 63 jardas e garante vitória do Panthers sobre o Giants

Graham Gano nunca irá esquecer este domingo (7). Com o Bank of America Stadium lotado, o kicker acertou um field goal impressionante de 63 jardas para dar a vitória ao Carolina Panthers sobre o New York Giants, por 33 a 31.

Os Panthers, que vinham de uma semana de folga, estão 3-1 na temporada, enquanto NY fica 1-4.

O jogo

O primeiro a marcar na partida foi o visitante. Após um bom retorno de punt de Odell Beckham Jr., o ataque não conseguiu avançar até a endzone, mas ficou com o field goal de Aldrick Rosas. O desconto dos mandantes veio na sequência, com Curtis Samuel quebrando vários tackles, escapando bem da marcação e anotando um belo touchdown.

Depois de uma campanha em que não conseguiu converter uma quarta descida, os Giants perderam a posse, mas conseguiram forçar um punt do adversário. Só que ninguém contava com o erro de Odell na tentativa de retorno nem com Janoris Jenkins recuperando e sofrendo o fumble forçado por Curtis Samuel. A bola ficou sem dono por alguns segundos e, depois da confusão, Colin Jones ficou com ela já na área do adversário. Carolina ainda aumentou a vantagem com o FG de Graham Gano.

Em um lance impressionante, OBJ recebeu a bola de Eli Manning e lançou a bola para o calouro Roquan Barkley anotar o TD de 57 jardas. A jogadinha ensaiada deixou NY vivo na partida. Antes do intervalo, um FG para cada e o placar ficou em 20 a 13 para os Panthers.

A defesa de Nova York veio para a segunda metade do jogo disposta a dificultar a vida do adversário e conseguiu. A unidade freou o ataque comandado por Cam Newton, principalmente o jogo corrido, que não encaixava. Rosas conseguiu mais um FG para encostar no placar. A interceptação de Curtis Riley em cima de Newton deixou o torcedor dos Gigantes ainda mais empolgado, mas as várias faltas da defesa na sequência mudar o humor dos fãs.

Mike Adams interceptou Manning quando o ataque estava ‘na cara do gol’, e a equipe de Charlotte foi firme no ataque para marcar o TD com Christian McCaffrey recebendo e entrando na endzone. Mais um vacilo de Eli Manning lançando agora do lado esquerdo e Adams ficou com a bola outra vez, para dar uma ótima vantagem ao time da casa.

A esperança não estava perdida, e quando Newton foi interceptado no meio do campo por Janoris Jenkins e o ataque fez a posse virar o TD de Odell Beckham Jr (com conversão de dois pontos), ela voltou de vez. Aos Panteras, restou controlar o relógio enquanto avançava pelo campo, obrigado o adversário a gastar os pedidos de tempo. Gano acertou o field goal para deixar o marcador 30 a 24, e Manning e cia. voltaram a campo para tentar o último suspiro.

O que parecia improvável aconteceu. Em apenas quatro jogadas, o ataque marcou o TD com Barkley novamente. Sabe o parecia ainda mais improvável, ou até mesmo impossível? Acertar um chute de 63 jardas, mas Graham Gano deu uma patada impressionante e garantiu o triunfo do Carolina Panthers.

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Carolina Panthers (@panthers) em

 

Principais números

PASSANDO

NYG
E. Manning
22-36, 326 YDS, 2 TD, 2 INT

CAR
C. Newton
21-35, 237 YDS, 2 TD, 2 INT

CORRENDO

NYG
S. Barkley
15 CAR, 48 YDS

CAR
C. McCaffrey
17 CAR, 58 YDS

RECEBENDO

NYG
O. Beckham Jr.
8 REC, 131 YDS, 1 TD

CAR
D. Funchess
4 REC, 53 YDS

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: