Big Ben sente que pode jogar por “mais três a cinco anos”

O Pittsburgh Steelers selecionou o quarterback Mason Rudolph no Draft deste ano. Claro, para ser reserva de Ben Roethlisberger. E, se depender do Big Ben, o jogador permanecerá ainda um bom tempo ganhando experiência no banco.

O veterano declarou, em entrevista ao ‘Pittsburgh Post-Gazette’, que não planeja parar por agora. “Eu fui e conversei com Art e o técnico (Mike Tomlin) e o treinador Randy (Fichtner) e basicamente disse que eu não posso controlar – salvo lesões graves, coisas em casa e coisas fora do seu controle – a maneira como meu corpo se sente. A forma como nossa linha ofensiva está montada, bom como eles são, eles me mantiveram saudável nos últimos anos. Eu realmente sinto que posso atuar neste esporte por mais três a cinco anos”, disse.

Ben está com 36 anos de idade e tem sofrido com lesões nos últimos anos. Rudolph, de 22, é uma aposta para o futuro. O titular espera que seja um futuro bem distante. “Se ele será o cara deles, isso é ótimo, mas no meu mundo perfeito não será por um tempo”, ressaltou.

Big Ben é um Steeler desde 2004, quando foi selecionado na 11ª escolha geral do Draft. O QB se tornou ídolo em Pittsburgh, conquistando o Super Bowl duas vezes e sendo eleito para o Pro Bowl em seis oportunidades.

Foto: Instagram

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: