Ryan Shazier quer retornar ao futebol americano: “Eu tenho que voltar”

Ryan Shazier deu sua primeira entrevista desde quando sofreu uma grave lesão nas costas, na partida contra o Cincinnati Bengals, em 2017. O linebacker afirmou que pretende, sim, voltar a jogar futebol americano.

“Eu tenho que voltar, irmão”, disse, em conversa durante o podcast de Roosevelt Nix, seu companheiro de equipe no Pittsburgh Steelers.

“Todos os dias, irmão… todos os dias eu fico, tipo agora, lendo um livro que basicamente me diz para acreditar no processo, irmão. Estou realmente confiando no processo e sei do objetivo final. Estou me esforçando como no futebol americano, dando tudo o que eu posso”, completou.

Leia mais: Ryan Shazier: “Bro”

Ele ressalta que não está sendo fácil, mas os médicos estão felizes com o progresso. “Os terapeutas falam: ‘cara, fico muito feliz de trabalhar com um atleta porque eu nunca vi alguém trabalhar tão duro assim’. Eles veem evolução quase todos os dias. Eles veem evolução que normalmente são de semanas em dias. Estou realmente tentanto voltar e continuar um Pro Bowler e All-Pro”, disse.

Além de voltar, Shazier fala que quer continuar no topo. “Eu realmente sinto que sou o melhor linebacker de todos os tempos. Eu só tenho que voltar para lá para que todos possam ver isso”, declarou.

Apesar do otimismo do atleta, nada se sabe sobre seu futuro. Ryan Shazier segue utilizando cadeira de rodas. Em campo, ele sempre mostrou um esforço acima do comum. Fora dele, Shazier não mudou seu estilo e só descansará quando voltar a jogar futebol americano.

NOVIDADE: Agora, você pode ficar por dentro de todo o conteúdo do NFL à Brasileira. Pelo computador, tablet ou celular, clique no ‘sino’ no canto inferior direito da sua tela e se inscreva para ativar as notificações. A cada notícia importante, você receberá uma mensagem. Você pode desativar a qualquer momento.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: