Andrew Luck fala sobre “recuperação difícil”, mas mostra otimismo

Andrew Luck sofre há 13 meses por conta de uma lesão no ombro. No entanto, depois de muito cuidado, o jogador mostrou otimismo e afirmou que o pensamento sobre uma nova cirurgia “foi embora”

Em vídeo gravado à Sports Illustrated, o quarterback comentou: “(A cirurgia) não é uma opção para mim agora. Eu me sinto muito, muito bem em relação ao estágio em que estou. Então esse navio foi embora na minha mente, o que também é um pouco de alívio. Não vou mentir”.

Após a operação, em janeiro de 2017, Luck perdeu toda a temporada. Até hoje, ele não conseguiu se recuperar 100%. “Foi uma longa jornada até este ponto, e ainda falta muito até que possamos conseguir o que precisamos. A reabilitação tem sido difícil, às vezes. Mas a única coisa que sei em meu coração é que estou melhorando, e estou me sentindo bem. Estou extremamente otimista. Não poderia estar mais entusiasmado para esta offseason e com nosso novo treinador (Frank Reich) – tudo o que está acontecendo – e a direção para a qual o time está indo”, ressaltou o jogador.

Uma demonstração da evolução é que o camisa 12 já está fazendo lançamentos. “Sim, então estou no meio de uma espécie de um pouco de lançamentos, mas estou fortalecendo e preparando meu ombro para poder lidar com a carga de lançamentos que faz parte de ser um quarterback da NFL”, confirmou.

Andrew Luck, 1ª escolha geral do Draft 2012, teve um ótimo início como profissional, mas os problemas com diversas contusões atrapalharam o QB – além da lesão no ombro, teve uma na costela, no rim e uma concussão.

NOVIDADE: Agora, você pode ficar por dentro de todo o conteúdo do NFL à Brasileira. Pelo computador, tablet ou celular, clique no ‘sino’ no canto inferior direito da sua tela e se inscreva para ativar as notificações. A cada notícia importante, você receberá uma mensagem. Você pode desativar a qualquer momento.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: