Na prorrogação, Alabama vence Georgia e é campeã nacional do College

Por Caio Souza – Quem acompanhou a final do College Football, até às 03h00, teve bons sonhos, após uma partida emocionante do começo ao fim. Crimson Tide de Alabama conquistou o segundo título nacional, contra Georgia Bulldogs Football, vencendo por 26 a 23. Georgia começou com uma vantagem de 13 a 0, mas com uma substituição do head coach Nick Saban, Alabama buscou o resultado e conquistou o troféu na prorrogação.

Saban teve uma carta na manga para vencer a final. Na volta do intervalo, o treinador colocou o quarterback Jalen Hurts, que fazia uma partida apagada, no banco. A entrada do calouro Tua Tagovailoa mudou o comportamento do ataque e levou o time para uma virada épica no futebol americano universitário.

O jogo

Georgia não começou bem a partida. O Qb Jake Fromm tentou um passe longo e foi interceptado pelo defensor T. Brown. Já Alabama tinha dificuldades para impôr o jogo ofensivo, quando conseguiu uma oportunidade para pontuar, o kicker Andy Pappanastos errou um Field goal. Os Bulldogs continuaram investindo no jogo aéreo, que resultou em boa posição para o kicker Rodrigo Blankenship abrir o placar, 3 a 0. Desde então, o time ofensivo de Alabama não produziu no jogo.

Isso abriu espaço para Georgia marcar mais um FG com Blankenship. Mesmo com a interceptação sofrida no início de jogo, Fromm não se abateu e conduziu o time para o primeiro TD, em uma corrida no final do segundo quarto, o RB Mecole Hardmen foi para o lado esquerdo, ampliando o placar, 16 a 0.

No terceiro quarto, o técnico de Alabama, Nick Saban, resolveu substituir o Qb Jalen Hurts por Tua Tagovailoa. Na primeira campanha, Tagovailoa mostrou serviço, lançando na endzone para Ruggs III diminuir o placar, 13 a 7. Mas a reação de Alabama durou pouco, na campanha seguinte Georgia marcou outro TD, após um passe de 80 jardas de Fromm para Mecole Harman, que deixou o marcador no chão e correu para endzone, 20 a 7.

Passe de gente grande:

Ambos os times ainda sofrearam turnovers, mas foi Alabama que conseguiu se aproximar do placar, com dois Field gols de Pappanastos. A torcida do Big Al ficou insana, o empate estava próximo, já que o ataque adversário não conseguia produzir. Foi assim que Alabama empatou o jogo de forma surpreendente, em uma conexão do Qb Tagovailoa com Wide receiver Calvin Ridley, 20 a 20. (Confira o vídeo aqui)

Faltando apenas 3 segundos para o termino de jogo, a responsabilidade de consagrar Alabama ficou nos pés de Pappanastos, mas o kicker acabou desperdiçando um chute de 36 jardas.

Prorrogação

Alabama venceu no cara ou coroa, decidiu transferir a responsabilidade de começar para o adversário. Os Bulldogs não conseguiram decretar a vitória com um TD, mas o kicker Blankenship anotou um Field gol de 53 jardas, 23 a 20. A campanha que iria decidir o jogo começou de forma ruim, o Qb Tagovailoa sofreu um sack, ficando em uma segunda para vinte e seis. Em uma jogada que surpreendeu a defesa adversária, Devonta Smith foi para uma rota “Go”, venceu o marcador na corrida, fez a recepção, após belo passe de Tagovailoa, e decretou a virada espetacular de Alabama, por 26 a 23.

Quer casar comigo?

Em meio às comemorações, tivemos um pedido de casamento. O jogador da linha ofensiva Bradley Bozeman pediu sua namorada Hegstetter, em casamento. Bozeman saiu de campo com o anel de campeão, e sua namorada, o de noivado.

%d blogueiros gostam disto: