Três times entraram em contato com Colin Kaepernick, diz conselheiro

Os meses vão passando, a temporada vai se aproximando… e nada de Colin Kaepernick se acertar com algum time da NFL. Harry Edwards, conselheiro do lançador, afirmou que ele já foi contatado por três equipes.

Leia mais:

Tom Brady estará na capa do Madden NFL 18

Ídolo do Lions, Yale Larry morre aos 86 anos

“Eles perguntaram: ‘ele pode jogar? Ele quer jogar?’. A última pergunta eu não posso responder. A primeira pergunta é sim, com certeza. Se Kap decidir (continuar jogando), ele não só chegaria e entraria para um time, ele colocaria pressão em alguém para ser titular”, disse, em entrevista a USA Today Sports.

Kaepernick, que completou 29 anos em novembro, está à procura de uma nova casa desde quando optou por sair do seu contrato com o San Francisco 49ers, no começo de março.

O fato do jogador ter protestado durante o hino do Estados Unidos, em 2016, pode ter influência nessa ‘dúvida’ que os times têm ao pensar na sua contratação. Edwards vê indício que isso esteja, sim, impedindo Kaep de seguir sua carreira.

“Eu não acho que haja qualquer dúvida de que há alguns proprietários que não o querem na liga, muito menos em seus times. Mas eu espero que um (time assine com ele), porque é do melhor interesse da liga tê-lo em algum time”, frisou.

Vice-campeão do Super Bowl XLVII, em 2013, o quarterback caiu de produção nos anos seguintes. Em 2016, foi titular 11 vezes na péssima campanha 2-14 dos Niners. Completou 59,2% dos passes, conquistando 2.241 jardas, além de marcar 16 touchdowns e ter 4 interceptações. Correndo, o camisa 7 ganhou 468 jardas e anotou 2 TDs.

Ronaldo Barreto

Jornalista formado desde 2016, mas já trabalhava na área desde 2010, quando comecei em uma rádio comunitária em Guarulhos. Fui repórter (estagiário) na Federação Paulista de Futebol (FPF) e no site do jornal Diário de S. Paulo. Neste último, fui efetivado em 2016 e passei a ser o responsável por todo o conteúdo do portal do veículo em 2017, além das redes sociais. Com o intuito de fazer o futebol americano crescer ainda mais no Brasil, criei a página NFL à Brasileira, que se expandiu para este site de notícias sobre o esporte. Além da escrita, sou muito ligado à fotografia, principalmente de esportes.

%d blogueiros gostam disto: